Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Caetano Veloso recorre à Justiça após bispo dizer que "gostaria de dar veneno de rato" a ele

    O bispo teria dito tal frase durante uma missa celebrada no dia 31 de março, em Brasília

    Por Plox

    03/04/2019 18h16 - Atualizado há mais de 2 anos

    Após uma suposta fala dita por um bispo durante uma missa em uma paróquia de Brasília, O Dom Francisco Falcão será interpelado, judicialmente, pelo cantor Caetano Veloso. Na celebração religiosa, realizada no dia 31 de março – data do Golpe Militar - o bispo teria dito que “gostaria de dar veneno de rato para o imbecil que nos anos 70 compôs a canção que é proibido proibir”.

    Caetano, o autor da música, não teria agradado da fala do sacerdote, decidiu recorrer à Justiça e quer que o bispo repita que e o “imbecil” e que é a pessoa que gostaria que tomasse o veneno de rato.

    caetanoCaetano Veloso (Foto: divulgação)

    Por meio de nota a Arquidiocese Militar do Brasil informou que "a missa era celebrada em ação de graças em função das promoções dos oficiais generais do Exército do País" e que desde 1970, esta celebração é comemorada em 31 de março. "Em nenhum momento do transcurso da Missa falou-se de 'ditadura' ou 'golpe' ou se agradeceu a Deus por outro motivo", esclarece a nota. 

    Nas redes sociais, o comentário provocou revolta nos internautas.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]