Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Chuvas voltam a provocar mortes no Rio; mãe e 6 filhos foram soterrados

    A Defesa Civil confirma que as buscas prosseguem neste domingo (3)

    Por Plox

    03/04/2022 14h45 - Atualizado há cerca de 1 mês

    Uma mulher e seus 6 filhos estão entre os mortos, vítimas das últimas chuvas que caíram no Rio de Janeiro. Lucimar e seus filhos foram soterrados. A tragédia ocorreu em Paraty, no estado do Rio de Janeiro. Há relatos de que, em Angra dos Reis, oito pessoas também morreram e outras 10 estão desaparecidas. Veja quem são os filhos de Lucimar:

    Lucimar e João:

     

    Foto: Reprodução/Redes sociais

     

     

    João, 2 anos:

     

    Foto: Reprodução/Redes sociais

     

    Estevão, de 5 anos: 

     

    Foto: Reprodução/Redes sociais

     

    Iasmin, de 8 anos:

     

    Foto: Reprodução/Redes sociais

     

    Luciano, 15 anos:

     

    Foto: Reprodução/Redes sociais

     

    Lucimara, de 17 anos:

     

    Foto: Reprodução/Redes sociais

    Além desses, ainda falta Jasmin, de 10 anos, que não tem registro fotográfico. A Defesa Civil confirmou que as buscas prosseguem neste domingo (3). De acordo com os meteorologistas, uma frente fria teria trazido instabilidade para o tempo da região litorânea, o que então teria provocado as fortes chuvas. Outra informação é que a cidade de Angra dos Reis nunca teria tido um volume tão alto de chuvas em um período de apenas 48 horas. 

     

    Deslizamento no na Rua Professor Francisco Cezário Alvim, também em Angra dos Reis - Foto: Reprodução/ Redes sociais


     

    Segundo a prefeitura foram registrados 655 mm na área que fica no continente e mais 592 mm na Ilha Grande, que também é uma parte de Angra dos Reis. As chuvas também causaram inundações em outras cidades da Baixada Fluminense. Uma das mais atingidas é Nova Iguaçu. Para este domingo, ainda estão previstas novas chuvas na região, o que pode trazer risco de queda de encostas.

     

    Deslizamento no bairro Monsuaba, em Angra dos Reis - Foto: Divulgação/Defesa Civil

     

    Em Mesquita, um advogado de 38 anos morreu enquanto tentava salvar outra pessoa.  Ele teria levado uma descarga elétrica de um poste de energia. 

     

    Daniel Ribeiro, de 38 anos - Foto: Reprodução

     

    Nas redes sociais, um vídeo mostra o momento em que Daniel Ribeiro, de 38 anos, foi socorrido por um mototaxista, que tentou, inclusive, fazer respiração boca-a-boca, mas Daniel morreu no local.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]