Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Usiminas fornece aço para aplicação inédita no Brasil

    Material produzido será destinado à montagem de postes para uma linha de transmissão de energia no Estado de Santa Catarina

    Por Plox

    03/05/2019 17h43 - Atualizado há mais de 2 anos

    A Usiminas acaba de concluir o processo de fornecimento de aço para fabricação de postes utilizados na planta industrial da empresa de alimentos Parati Kellogg’s, em São Lourenço do Oeste (SC). Ao todo, a companhia forneceu para a SteelMast, empresa homologada para este tipo de obra em de Santa Catarina, o aço para a fabricação de 29 postes com alturas entre 29 e 36 metros.

    A experiência com os postes metálicos é pioneira no cenário nacional, mas já comum em alguns dos mercados mais desenvolvidos do mundo. “A SteelMast trouxe ao mercado brasileiro um novo conceito de produção de postes, mas as linhas de transmissão em aço patinável* (corten) são extremamente usuais em países da Europa, nos Estados Unidos, na China e no Canadá, por exemplo”, explica Adeilson Roberto Mendes, analista Comercial da Usiminas. O fornecimento de aço pela Usiminas para a fabricação dos postes foi iniciada no final de em 2018 e a expectativa da SteelMast é de que a linha de transmissão seja energizada até o final de maio.

    (Foto: divulgação)Os aços patináveis possuem proteção contra a corrosão atmosférica por meio da oxidação de um camada externa, chamada de pátina. (Foto: divulgação)

    Além do pioneirismo, o modelo de construção adotado apresenta importantes ganhos. O poste de aço conta com um sistema de fabricação e montagem exclusivo e a confecção em módulos traz vantagens como a facilidade de montagem, o menor custo de transporte, agilidade na obra, segurança no manuseio e redução de custo de montagem. As estruturas são mais leves que as similares em concreto e há também uma otimização da quantidade de postes a serem utilizados na linha. 

    (Foto: divulgação)Os aços patináveis possuem proteção contra a corrosão atmosférica por meio da oxidação de um camada externa, chamada de pátina. (Foto: divulgação)

    Mendes destaca que a atuação na obra reforça a busca da Usiminas por novos mercados em meio a um cenário ainda bastante desafiador. “O mercado de infraestrutura sofreu bastante nos últimos anos com falta de investimentos e ainda não está aquecido. Então, é extremamente importante atuarmos em novos segmentos, buscando aplicações inovadoras em produtos que já eram consolidados em outros tipos de materiais e abrindo novos campos de atuação promissores. A aplicação de bobinas laminadas a quente utilizando aços patináveis no processo de conformação em tubos helicoidais amplia as possibilidades de aumento de volume pela Usiminas nesse mercado de postes de transmissão, onde não estávamos presentes”, finaliza.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]