Transitolândia retoma as atividades de forma virtual

Educadores foram capacitados pela 85ª Cia da Polícia Militar

Por Plox

03/05/2021 12h15 - Atualizado há 6 dias

O projeto Transitolândia, que faz parte do Programa de Melhoria da Qualidade do Ensino nas Escolas, está retomando suas atividades de forma virtual. 

Na última semana, os professores do 4º ano do Ensino Fundamental, das redes públicas de Timóteo, Coronel Fabriciano, Jaguaraçu e Marliéria e particulares de Timóteo, receberam uma capacitação ministrada pela Polícia Militar. 

A iniciativa tem como propósito conscientizar as crianças e seus familiares sobre a importância de se observar as regras do trânsito em favor da segurança nas vias públicas.  
 

Foto: divulgação 

O projeto é desenvolvido pela Fundação Aperam Acesita e os parceiros Saritur, Rotary Club de Acesita, Superintendência Regional de Ensino de Coronel Fabriciano, Prefeitura Municipal de Timóteo, Cel. Fabriciano, Jaguaraçu e Marliéria e 85ª Cia da Polícia Militar de Minas Gerais.

“Entre os assuntos tratados na capacitação está a necessidade das escolas abordarem o trânsito de forma multidisciplinar e como motivar o público-alvo do projeto, as crianças, a se envolver com os conteúdos educativos relacionados à segurança no trânsito. As alterações no Código de Trânsito Brasileiro também compuseram os conteúdos da capacitação, que contou com o suporte de um de uma cartilha, material pedagógico fornecida pelo projeto”, comenta o instrutor do projeto Transitolândia, Cabo Alves. 

O presidente da Fundação Aperam Acesita, Venilson Vitorino, pontua que a segurança no trânsito começa justamente nos anos iniciais. “O Projeto Transitolândia está preparando o cidadão do futuro. As lições impactam positivamente toda a família, pois as crianças contribuem para a fiscalização dos pais no trânsito, colocando em prática o que elas aprendem em sala de aula”, conclui.

A Supervisora Pedagógica da Apae de Timóteo, Vânia Coura Fraga Souza, uma das participantes da capacitação, destaca que as orientações e sugestões apresentadas na cartilha vêm ao encontro da necessidade de se promover novas mudanças de atitudes diárias para a promoção de uma vida melhor no trânsito, com mais segurança e paz. “O Projeto Transitolândia vem preparar as crianças para uma melhor atuação no trânsito e sensibilizar os adultos para que abracem a causa, que sejam exemplo nos espaços públicos colaborando para com a melhoria da qualidade de vida de todos”.

Pessoas com deficiências intelectuais e múltiplas também compõem o público-alvo dos educadores. “Esse grupo receberá a cartilha com adaptações que facilitarão o seu envolvimento com o material pedagógico. Para esses estudantes, vamos adotar estratégias específicas a fim de que a assimilação dos conteúdos seja efetiva. Buscaremos desenvolver esse Projeto focados na promoção de boas experiências de aprendizado a fim de que os alunos tenham prazer na assimilação dos conteúdos e sejam motivados a replicar seus conhecimentos entre amigos e familiares”, destaca.

PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021