Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Ossada é identificada pela Polícia Civil após 3 anos de tragédia em Brumadinho

    Vítima era engenheiro de produção e era funcionário da Vale

    Por Plox

    03/05/2022 17h57 - Atualizado há 9 dias

    Na tarde desta terça-feira (3), a Polícia Civil de Minas Gerais informou que conseguiu identificar mais uma vítima do rompimento da barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Agora são cinco desaparecidos.

    A ossada encontrada pelo Corpo de Bombeiros nessa segunda-feira (2), é do engenheiro de produção Luís Felipe Alves, de 30 anos, que era funcionário da Vale. Ele é a 265º vítima da tragédia.

    Foto: Reprodução/Facebook

     

    De acordo com o g1, Luís nasceu em Jundiaí, no interior de São Paulo, e se formou no Espírito Santo. A identificação foi feita pela arcada dentária.

    Os restos mortais do engenheiro foram localizados três anos e três meses após o rompimento da barragem em Brumadinho. Na tragédia, 270 pessoas morreram. Cinco vítimas ainda estão desaparecidas. Veja a lista com os nomes:

    • Cristiane Antunes Campos
    • Maria de Lurdes da Costa Bueno
    • Nathalia de Oliveira Porto Araújo
    • Olímpio Gomes Pinto
    • Tiago Tadeu Mendes da Silva
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]