Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Mãe que matou filho também decepou o pênis para que ele “virasse menina”

    A mulher se separou do marido para se relacionar com outra mulher, que ajudou matar o menino

    Por Plox

    03/06/2019 10h34 - Atualizado há mais de 2 anos

    A história trágica do garoto Rhuan Maycon da Silva Castro, morto pela própria mãe enquanto dormia, guarda mais atos de barbaridade. 

    Rosana Auri da Silva Cândido contou à Polícia que é lésbica e que contou com a ajuda da namorada Kacyla Priscyla Santiago Damasceno Pessoa, para matar e esquartejar seu filho.

    Foto: ReproduçãoWhatsApp Image 2019-06-03 at 07.39.20

    As duas contaram ao delegado que, antes, cada uma foi casada (com homem) e que o assassinato do menino seria uma forma de “apagar” toda a relação com o antigo companheiro e familiares. 

     Ao lado da mãe do garoto, a namorada dela conta detalhes do crime.

    Ao que tudo indica, o menino era alvo de violência há muito tempo. A mãe confessou à polícia que, há aproximadamente um ano, decepou o pênis dele, tentando fazer em casa uma cirurgia para “mudança de sexo”. Após o corte, costuraram a cicatriz tentando fazer um órgão genital feminino. Todo o procedimento foi feito sem anestesia e sem assepsia, em meio à sujeira do ambiente em que viviam. 

    Foto: ReproduçãoWhatsApp Image 2019-06-03 at 07.39.30

    A mãe, que é cabeleireira, também passou a deixar crescer o cabelo do garoto para que ele se assemelhasse a uma menina. O corpo foi encontrado assim, com cabelos longos.

    A amante da mãe mencionou também que o assassinato do menino era uma opção para que sua presença não impedisse a felicidade na relação delas. 

    Segundo o delegado, nenhuma se mostra arrependida. Uma garota de 8 nove anos, filha da namorada da mãe de Rhuan, foi levada para um abrigo. As autoridades acreditam que ela também poderia ser morta. 

    Segundo os policiais, as duas crianças também eram impedidas de ir à escola.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]