Ipatinga

esportes

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Messi reclama de arbitragem após derrota para o Brasil: "O juiz estava do lado deles"

    A partida que resultou em um 2 x 0 para o Brasil, aconteceu na noite dessa terça-feira, no Mineirão

    Por Plox

    03/07/2019 12h08 - Atualizado há mais de 2 anos

    Após amargar uma derrota para o Brasil contra a Argentina, por 2 a 0, o atacante Lionel Messi não aceitou o resultado e disse que o resultado não foi justo e que o arbitragem estava favorável ao anfitrião. A partida aconteceu na noite dessa terça-feira, 2 de julho, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. 

    A revolta de Messi com a arbitragem. E uma certeza estará na Copa América de 2020 Reprodução/Twitter Belo Horizonte,

    Messi não poupou reclamações a respeito da arbitragem- Foto: Reprodução/Twitter

    Para o segundo jogador mais bem pago do mundo, o time brasileiro não superou os argentinos, e apesar da vitória, o segundo gol brasileiro aconteceu depois de um pênalti a favor dos argentinos. Messi criticou: “O juiz estava do lado deles. Em toda dividida, ele os favorecia. Não é uma desculpa, mas é verdade que, nesta Copa, eles apitaram coisas ridículas. Hoje (terça), eles nem chamaram o VAR em jogadas que ele claramente deveria ter sido chamado”.

    Messi não poupou reclamações a respeito da arbitragem, que segundo ele, cobrou faltas do time verde e amarelo e deu cartão para os argentinos, além de o Brasil ainda ter a vantagem de estar jogando em casa. “Nesta Copa, cansaram de marcar toques de mão bobos, pênaltis bobos, e hoje, nem sequer foram ao VAR. Você vai desanimando aos poucos”, alegou o atleta. Mesmo com as reclamações, o craque elogiou os jogadores brasileiros, afirmando que o rival “tem jogadores espetaculares em todos os setores” e que o jogo feito pela seleção argentina nesta terça-feira foi o melhor de sua equipe na Copa América: “Nossos caras fizeram um grande sacrifício e merecem respeito”, afirmou. 

    Atualizada às 11h15

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]