Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Acusado de matar mulher e por o corpo em uma mala, ipatinguense é preso em Portugal

    O homem tem 38 anos e a mulher tinha 30 anos de idade

    Por Plox

    03/10/2019 21h39 - Atualizado há cerca de 2 anos

    Um brasileiro, de origem da cidade de Ipatinga-MG, foi detido em Portugal, acusado de ter matado a mulher, também de Ipatinga. O corpo dela foi colocado em uma mala e encontrado por pessoas que passavam por um caminho próximo à urbanização Fonte de Ouro, na vila de Arruda dos Vinhos, nos arredores de Lisboa, capital do país.

    mala
    Foto: redes sociais e reprodução


    A mulher, de 30 anos, foi identificada apenas como Camila.

    O suspeito, identificado como Robson, de 38 anos, foi detido pela Polícia Judiciária durante a noite. Ele estava escondido em meio a uma vegetação densa próximo ao local onde o corpo foi encontrado, informaram os policiais.

    As primeiras apurações apontam que o crime teria ocorrido por natureza passional. Segundo a polícia portuguesa, Robson teria matado Camila em um quarto que ambos haviam arrendado. 

    O crime provavelmente aconteceu na manhã desta quarta-feira (2). Ainda segundo as primeiras apurações, após ter matado a companheira com arma branca, o Ipatinguense  colocou o corpo dela em uma mala de viagem. Moradores da região que passavam pelo local estranharam a presença da mala, com várias faixas de fita adesiva e chamaram as autoridades, no início da tarde.

    No quarto alugado pelo casal, a polícia identificou marcas de sangue e sinais de luta corporal. Conhecidos dos envolvido publicaram em redes sociais que o casal morava no bairro Bethânia até a data que viajaram para Portugal.

    O presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos, André Santos Rijo, fez declarações afirmando que o casal de brasileiros havia chegado há cerca de 15 dias à cidade, informou ele em uma publicação no Facebook. Ainda segundo a publicação, a brasileira trabalhava em um restaurante e o suspeito trabalhava na construção civil.

    Os vizinhos ainda não tinham notado nenhum sinal de violência ou agressividade entre ambos. 

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]