Professores paralisam atividades após aluno jogar lixeira na cabeça de educador

03/10/2019 07:37

Eles têm relatado agressões desde a semana passada

Publicidade

Professores da Escola Marlene Pereira Rancante, em Belo Horizonte, devem paralisar suas atividades a partir desta quinta-feira, 3 de outubro. A parada se deve à violência contra educadores na instituição, pois somente em uma semana, dois professores foram agredidos por alunos. 

Eles dicidiram paralisar depois que Marco Antônio, professor de História, teve uma lixeira arremessada na cabeça por um estudante de 12 anos, do Ensino Fundamental, ontem, 2. Ele teve que ser atendido por um médico, pois ficou ferido. O garoto que estaria fazendo bagunça em sala, teria ficado com raiva do professor ter o chamado a atenção.

Foto: Warlen Valério

Foto: Divulgação

O professor tem 65 anos, se aposenta no final deste ano, e segundo uma colega de trabalho dele, também docente, “a gente espera sempre fechar da maneira mais brilhante possível e estamos passando por essa situação”. 

Essa professora também foi agredida na semana passada por um aluno de 15 anos, pois ela teria o chamado a atenção para entrar na sala de aula e o coordenador o chamou para assinar uma ocorrência. Como a educadora estava na porta da sala, o rapaz a empurrou com o corpo. Como medida, ele foi transferido para o noturno. A Polícia Civil cuida do caso do professor que foi agredido com a lixeira.



Publicidade