Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Polícia prende mulher e cunhado de suspeito de matar Marielle Franco

    A PC  quer esclarecer de que forma foi feito o descarte da arma usada no crime

    Por Plox

    03/10/2019 18h52 - Atualizado há quase 2 anos

    Na manhã desta quinta-feira (3), a Polícia Civil prendeu quatro pessoas suspeitas de ter participado do assassinato da vereadora Marilene Franco e o motorista Anderson Gomes.

    Foram presos Elaine Lessa, esposa do PM reformado Ronnie Lessa, preso desde março, acusado pela execução, Bruno Figueiredo, irmão de Elaine, Márcio Montavano, o Márcio Gordo; e Josinaldo Freitas, o Djaca.

    marielleA esposa de Ronnie Lessa foi presa nesta manhã. Foto: reprodução/TV

    Segundo a Polícia Civil, a força-tarefa busca esclarecer de que forma foi feito o descarte da arma usada no crime. De acordo com a PC, existem indícios de que a arma foi jogada no mar da Barra da Tijuca, com alguns materiais.

    A polícia afirma que o descarte foi feito dias depois da prisão de Ronnie, em março deste ano, e teria contado com a participação dos quatro detidos hoje.

    Em depoimento à Delegacia de Homicídios (DH) da Capital, um pescador contou que um comparsa de Ronnie Lessa contratou seu barco e jogou seis armas no mar perto das Ilhas Tijucas.

    Para a polícia, o contratante do barco é Márcio Gordo, e entre as armas estava a submetralhadora HK MP5 usada para matar a vereadora e o motorista.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]