Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Mãe de aluna agride professora na saída da escola

    O motivo seria porque a educadora chamou a atenção da estudante que não teria feito a tarefa

    Por Plox

    03/10/2019 17h43 - Atualizado há cerca de 2 anos

    Uma professora na cidade de Franciscóplis (MG) foi agredida pela mãe de uma aluna, quando deixava a escola em que trabalha, nesta quinta-feira, 3 de outubro. A educadora foi vítima de socos, chutes e ainda teve os cabelos puxados pela mulher.

    Segundo informações, a mãe da aluna se revoltou porque a professora chamou a atenção da estudante, que não havia feito a tarefa (dever de casa). A mãe que agrediu a professora até foi atendida e conversou com a diretora. Mesmo assim, ela cercou a docente na saída da unidade de ensino, a ofendeu com palavrões e iniciou as agressões. Nas redes sociais, o vídeo da violência revoltou as pessoas. 

    foto: Reprodução da internet)

    Foto: Reprodução/Vídeo

    De acordo com a nota do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE), a professora e a escola estão recebendo apoio jurídico por parte da associação. O representante da categoria ainda disse repudiar a situação: “O Sind-UTE repudia toda ação contrária aos servidores da educação e conclama a todos que fazem parte da comunidade escolar, que optem pela paz e a tranquilidade”.

    Outros casos de violência

    A onda de violência contra professores fez com que docentes da Escola Marlene Pereira Rancante, em Belo Horizonte, paralisassem suas atividades a partir desta quinta-feira, 3. Isso, porque em uma semana, dois professores sofreram agressões por parte de alunos. Marco Antônio, professor de História de 65 anos, teve uma lixeira arremessada na cabeça por um estudante de 12 anos, do Ensino Fundamental, ontem, 2. Ele teve que ser atendido por um médico, pois ficou ferido. O garoto que estaria fazendo bagunça em sala, teria ficado com raiva do professor ter o chamado a atenção.

    Na semana anterior, uma professora da mesma escola também foi agredida por um aluno de 15 anos, pois ela teria o chamado a atenção para entrar na sala de aula e o coordenador o chamou para assinar uma ocorrência. Como a educadora estava na porta da sala, o rapaz a empurrou com o corpo. 
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]