Dia D marca ação contra a dengue em Timóteo

04/02/2019 10:20

Mutirão ocorreu no Macuco, um dos bairros que apresentou elevado percentual de infestação de larvas do mosquito Aedes aegypti

Publicidade

Uma grande ação governamental marcou o Dia D contra a dengue no sábado (2) no bairro Macuco, na regional Leste de Timóteo-MG. O mutirão, desenvolvido pela Secretaria de Saúde, contou com a presença de servidores públicos e o apoio das Secretarias de Governo e Comunicação, Assistência Social, Obras, Educação, Corpo de Bombeiros Militares e Polícia Militar.

 

A concentração ocorreu às 8h na Unidade Básica de Saúde José Antônio Silva. Divididos por equipes, o pessoal percorreu todos os 53 quarteirões do bairro, visitando casa por casa, com distribuição de informativos e conscientizando os moradores sobre o risco de epidemia.

tt(Foto: divulgação/ PMT)

 

O mutirão foi iniciado pela regional Leste por causa do elevado índice de infestação no bairro Macuco, de 7,32%, apontado no primeiro Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) de 2019. De posse de sacolas de lixo, os agentes e voluntários recolheram todos recipientes que pudessem acumular água. Também foram recolhidos entulhos e inservíveis que estavam no interior dos imóveis.

ttt(Foto: divulgação/ PMT)

 

O prefeito Douglas Willkys foi pessoalmente de casa em casa para conversar com os moradores sobre o risco de um surto de dengue no município. “Nesse momento é muito importante o comprometimento de todos os moradores nessa guerra contra o mosquito”, reforçou.

t(Foto: divulgação/ PMT)

 

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Eduardo Morais, a Administração municipal optou pelo mutirão haja vista que 90% dos focos do mosquito apontados pelo LIRAa estão no interior das residências. Ao longo desta semana, equipes da Secretaria estarão no bairro reforçando as ações de identificação de focos e eliminação dos mesmos. Ele lembrou que essa mobilização será realizada em toda a cidade.

 

Para o presidente da Associação de Moradores do Bairro Macuco, Washington Luiz Ferreira Santos, a iniciativa da prefeitura é fundamental como forma de reforçar e alertar a população sobre esse grave problema. Na opinião do líder comunitário, esse trabalho (de visitar casa por casa) deveria ser feito mais vezes para ressaltar o papel de cada morador no combate contra o mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. 

 

 

 



Publicidade