Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Macrorregião do Vale do Aço regride para onda vermelha do Minas Consciente

    Na semana passada, o Governo de Minas colocou a macrorregião na onda amarela

    Por Plox

    04/02/2021 11h08 - Atualizado há 9 meses

    Nessa quarta-feira (3), o Governo de Minas Gerais divulgou um novo balanço sobre o Minas Consciente no estado. A Macrorregião do Vale do Aço regrediu para a onda vermelha do programa, após ter avançado para a onda amarela na semana passada.

    O Comitê Extraordinário Covid-19 aprovou o avanço das macrorregiões Sudeste e Centro, que engloba a Região Metropolitana de Belo Horizonte, para a onda amarela do Minas Consciente.

     

    Foto: divulgação/ Governo de Minas Gerais

     

    Nesta terceira fase do plano, todas as atividades ficam permitidas em todas as ondas, desde que cumpram algumas regras, como distanciamento e limitação máxima de pessoas. Na onda amarela, por exemplo, é permitida a realização de eventos para até 100 pessoas, desde que sejam respeitadas as normas de distanciamento e capacidade do local.
    Já a região Triângulo do Sul apresentou piora nos indicadores e deverá regredir para a onda amarela. Assim, nenhuma região mineira se encontra atualmente na onda verde do plano Minas Consciente.

    Também como medida de contenção, o grupo optou pela regressão da macrorregião Vale do Aço, que deverá adotar as medidas da onda vermelha do plano.

    Em Minas, a taxa de incidência da Covid-19 caiu 9% nos últimos 7 dias e 16% nos últimos 14 dias. No entanto, o número de óbitos pela doença cresceu 5,3% na última semana, e ultrapassou 15 mil neste mês.

    Adesão
    Até essa quarta-feira, 664 municípios já haviam aderido ao Minas Consciente, o que representa 78% do estado.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]