Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    MC Kevin será indiciado por injúria e incitação ao crime

    O funkeiro foi indiciado por policiais após a publicação de um vídeo em sua rede social com xingamentos à PM

    Por Plox

    04/02/2021 00h27 - Atualizado há 9 meses

    Nesta quarta-feira (3), o funkeiro Kevin Nascimento Bueno, conhecido como MC Kevin, esteve  no 20º Distrito Policial da Água Fria, na Zona Norte da capital paulista, para prestar depoimento  no inquérito que está investigando um suposto crime de desacato cometido por ele contra policiais militares, através das redes sociais.

    No depoimento Kevin relata que suas ofensas feitas por meio das redes sociais contra quatro policiais foram imaturas e que era apenas um “desabafo”. "Ele falou que teve uma atitude imatura, tendo em vista que os policiais estavam obstruindo a via há 15, 20 minutos e ele só queria ir embora pra casa. Como ele estava muito nervoso, disse que acabou se expressando mal", afirmou a advogada do funkeiro, Deolane Bezerra Santos, ao final do depoimento.

    Foto: Reprodução/ Redes Sociais

     

    O ocorrido foi em 25 de janeiro, quando o funkeiro estava na rua João de Laet, na Vila Aurora, Zona Norte da capital paulista. No momento do vídeo a via estava parcialmente interditada por causa de uma ocorrência que vinha sendo atendida pela PM. 

    As publicações foram em seus stories do instagram, enquanto aguardava a rua ser liberada, ao passar pelos policiais, após a liberação, Kevin teria também debochado dos policiais.

    Os agentes pediram para que MC Kevin aguardasse a liberação da via e, após a liberação, o MC teria debochado dos PMs e publicado as ofensas no Instagram, em forma de stories que viralizaram nas redes sociais

    O boletim de ocorrência foi registrado pelos policiais, logo após assistirem os vídeos que foram postados pelo cantor. Após o depoimento de Kevin nesta quarta (3), a delegada Fabiana Sena Angerami, do 20º DP, relatou que o funkeiro vai ser indiciado pelos crimes de injúria e incitação ao crime, pois quis estimular cerca de 7,5 milhões de seguidores a desacatar policiais.

    “Os policiais se sentiram injuriados na sua honra, se sentiram injuriados na corporação e representaram contra o Kevin. Então, ele vai ser responsabilizado, vai ser acusado pelo crime de injúria contra os policiais. Além disso, quem pratica crime contra funcionário público e ainda dissemina isso em veículos de comunicação, que podem abranger uma quantidade enorme de pessoas, comete incitação ao crime. Então, como ele diz nos vídeos que é um artista com 7 milhões de seguidores, eu entendo que ele está incitando essas pessoas que o seguem, que o admiram, a desrespeitar os órgãos de segurança pública e está, sim, incitando o crime”, disse a delegada.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]