Ipatinga

saúde

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Idosos de Ipatinga recebem segunda dose da vacina contra Covid-19

    Município recebeu até o momento apenas 11.132 doses de vacinas para atendimento à população

    Por Plox

    04/03/2021 17h28 - Atualizado há 8 meses

    Conforme informado pela PMI, em Ipatinga-MG, todos os idosos acima de 90 anos já receberam o imunizante contra a Covid-19, e a partir desta quinta-feira (4) o grupo começa a receber a segunda dose.

    A imunização continua sendo realizada nas residências, para evitar o deslocamento desse grupo. As equipes da Secretaria de Saúde encarregadas do trabalho cumprem protocolo básico recomendado pelo Ministério da Saúde, que envolve uma breve entrevista com a pessoa vacinada e o preenchimento da carteira de controle.


    A Prefeitura de Ipatinga recebeu, nesta quarta-feira (3), 2.740 doses de vacinas para mais uma etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19 no município. A Secretaria Municipal de Saúde está imunizando, dentre outros públicos, idosos entre 85 e 89 anos seguindo as diretrizes do Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde (MS). Com a chegada do novo lote, o município recebeu até momento o total de 11.132 doses. Isto representa apenas 4,2% da população.

    Já foram garantidas vacinas para todos os munícipes idosos acima de 90 anos e também aqueles residentes em Instituições de Longa Permanência; a 100% dos jovens acima de 18 anos com deficiência, em residências inclusivas, e a mais de 5.060 trabalhadores da saúde. Até esta sexta-feira, dia 5 de março, o município deverá ter ainda 100% dos idosos com idade entre 85 e 89 anos imunizados.  

    Foto: Divulgação PMI

     

    ATENÇÃO E CUIDADOS
    A Prefeitura de Ipatinga reforça que, devido ao momento delicado imposto pela pandemia, as medidas preventivas a serem adotadas pela população devem ser permanentes. Uso constante de máscara, higienização das mãos e ambientes e distanciamento mínimo de 1,5 metro são alguns dos cuidados básicos que auxiliam no combate à proliferação do vírus. No município, as equipes de saúde orientam que os pacientes que estão com sintomas leves devem permanecer em casa. Não há necessidade de procura demasiada por pronto-socorro em quadros leves. “Sintomas amenos que podem ser administrados em casa ou orientados por telefone, devem ser incentivados, nesse momento, a não frequentarem os serviços de saúde, não só para não os sobrecarregarem como também para evitarem o contato com outros indivíduos doentes. Isso gera uma exposição maior ao vírus para ambas as partes, tanto para quem já está doente no hospital quanto para quem apresenta quadro leve e vai à procura de cuidados médicos”, orienta o secretário de Saúde, Dr. Juliano Nogueira.

    Vacinação em andamento 
    - idosos de 85 a 89 anos (previsão de vacinar 100% até 5/3 – SEXTA-FEIRA) 
    - trabalhadores da saúde

    Já vacinados
    - 5.063 trabalhadores da saúde
    - 100% dos idosos acima de 90 anos 
    - 100% dos jovens acima de 18 anos com deficiência, em residências inclusivas
    - 100% dos idosos em Instituições de Longa Permanência
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]