Pilates: um aliado nos cuidados à saúde da mulher

Atividade reduz sintomas da TPM, melhora a postura, é um dos exercícios mais indicados durante a gestação e ainda promove bem-estar e autoestima.

Por Plox

04/03/2021 14h44 - Atualizado há cerca de 2 meses

Qual mulher não deseja sentir-se bem com o seu próprio corpo? Mas não é só aparência, a busca pela qualidade de vida tem crescido nos últimos anos, ou seja, o objetivo de ter um corpo bonito, mas também saudável. Os exercícios físicos são, sem dúvida, grandes aliados no alcance desses objetivos. O Pilates, em especial, oferece múltiplos benefícios às mulheres e aos mais diferentes públicos. “A técnica que possui como princípios básicos a concentração, o controle, a centralização, a precisão e a respiração ajuda a trabalhar a mente e o corpo em conjunto”, pontua Ana Luísa Marçal, fisioterapeuta.

Foto: Divulgação

 

Com um grande repertório de exercícios e poucas repetições de cada movimento, as aulas de Pilates tendem a ser motivadoras e exclusivas. “Não há desgaste físico e nem estímulo á monotonia. Os exercícios podem ser realizados em aparelhos específicos ou no solo com o auxilio de acessórios que tornam a aula mais divertida. A técnica possibilita um atendimento personalizado, adaptando cada exercício às necessidades, limitações e objetivos de cada aluno”, explica à especialista.

E no caso das mulheres os benefícios são ainda mais notáveis. De acordo com Ana Luísa, Os exercícios de Pilates equilibram o corpo e a mente, fortalecendo, tonificando e alongando o corpo, melhorando a circulação sanguínea, aumentando a disposição e descarregando a mente de níveis de estresse e ansiedade. “Além disso tudo, o fortalecimento da musculatura profunda e superficial do abdômen feminino através do Pilates ajuda a manter a boa postura, torna a aparência mais elegante (afinando a silhueta) e ainda melhora o funcionamento dos órgãos internos”, comenta.

Nas fases da menopausa e pós-menopausa, segundo Ana, a atividade ajuda a amenizar sintomas como enxaquecas e TPM, típicos da variação hormonal. Além de ser eficiente no combate e no tratamento de doenças nessa fase adulta, como a incontinência urinária e a osteoporose. “Para aquelas que sofrem muito com os sintomas da TPM a prática do Pilates é muito indicada já que os exercícios físicos colocam o corpo em movimento, que acaba liberando endorfina (um hormônio responsável pela sensação de bem-estar e prazer). Sendo assim, sintomas como irritabilidade, depressão, cansaço, sensibilidade emocional, ansiedade, dentre outros, são reduzidos.” Porém, a fisioterapeuta alerta apenas para que, os exercícios sejam feitos de maneira mais leve enquanto a mulher estiver no período menstrual.

Conhecido como o exercício número 1 das mulheres grávidas a atividade é muito recomendada durante essa fase. “O Pilates contribui para aliviar dores comuns da gestação, prepara a mãe para um parto mais tranquilo, através de um trabalho com a respiração, além de tornar a recuperação no pós-parto muito mais rápida”, destaca a fisioterapeuta.

Para finalizar, com a junção de diversos benefícios que a atividade promove é fácil concluir que a mulher com certeza pode adquirir mais autoestima com a prática do Pilates. Ser mais saudável, ter o corpo e a mente unidos e buscando o aumento da qualidade de vida, ajuda diretamente no bem estar interior da mulher. “Sentir-se bem é um dos objetivos do Pilates, afinal, não tem nada melhor do que sentir-se ótima por dentro e por fora”, finaliza Ana Luísa Marçal.

PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021