Santana do Paraíso lança plano estratégico para debater volta às aulas presenciais

Prefeito faz alerta sobre momento crítico da pandemia e só admite retorno de forma responsável e segura

Por Plox

04/03/2021 13h11 - Atualizado há cerca de 2 meses

A Comissão de Trabalho Intersetorial da Pandemia da Covid-19 de Santana do Paraíso, composta por autoridades de diversas instituições e por membros da sociedade civil, voltou a se reunir, na terça-feira (2), na Escola Municipal José Dias Bicalho Filho, no Centro. Desta vez, a Secretaria Municipal de Saúde apresentou o Plano Estratégico para a retomada das aulas, que em um primeiro momento ocorrerá de forma híbrida (que mescla ensino remoto e presencial).

Conforme a secretária municipal de Educação, Janice Alves da Silva, o Plano agora entra na fase de debates e será submetido a aprovação em reunião marcada para o próximo dia 12.

 

Bruno Morato defendeu protocolos seguros para retorno às aulas, durante reunião da Comissão Intersetorial. Foto: divulgação/ PMSP 

 

O prefeito Bruno Morato, que acompanhou a reunião da Comissão Intersetorial, é favorável ao retorno das aulas de forma híbrida, mas ressalta que antes é preciso seguir protocolos de segurança e realizar ajustes que não foram feitos pela gestão anterior.

“No ano passado, o Ministério Público oficiou os municípios para que eles criassem uma Comissão Intersetorial, para justamente preparar o retorno das aulas presenciais, de forma segura. Os municípios que estão retornando com as aulas agora criaram a Comissão Intersetorial ano passado. Mas a gestão anterior de Santana do Paraíso não fez nada disso. Esta primeira versão do Plano Estratégico para o retorno às aulas, que nós estamos apresentando, tivemos que produzir em dois meses. Como eu iria sugerir o retorno às aulas sem este Plano Estratégico? Como gestores, temos que ter responsabilidade”, afirma o prefeito, acrescentando que as escolas da rede pública ainda dependem de algumas intervenções para estarem aptas a receber os alunos.

“A situação das escolas públicas é dramática, porque a gestão passada não entregou nada pronto. Caixas d’água, bebedouros e rede elétrica ficaram sem manutenção. Não podemos autorizar as crianças retornarem para as escolas sem as condições adequadas. Estamos cuidando disso para garantir um retorno seguro aos alunos, com infraestrutura apropriada. Nossa equipe está fazendo um checklist de escola por escola. Alguns problemas não são simples de resolver. Mas a administração atual está preocupada com nossas crianças e vamos tomar as medidas necessárias para garantir o retorno seguro das aulas presenciais em Santana do Paraíso”, assegura Bruno Morato.

Rede particular
Antes de participar da reunião da Comissão Intersetorial, Bruno Morato foi à Câmara Municipal de Santana do Paraíso tratar sobre o tema do retorno às aulas presenciais com representantes da rede privada de ensino. Elaine Lopes, proprietária de escola infantil no bairro Cidade Nova, representou o setor. Também participaram Carine Melo, psicóloga e educadora parental, vereadores e o neuropediatra Marcone Oliveira, que mais cedo se reuniu Bruno Morato na Prefeitura para abordar sobre a importância do retorno às aulas para a saúde física e mental das crianças.
Na Câmara, o prefeito frisou que é sensível à necessidade do retorno às aulas presenciais para a rede particular do ensino, mas ressaltou que o município segue a normativa da Secretaria de Estado da Saúde e, por conseguinte, do Ministério da Saúde. “Somos favoráveis ao retorno das aulas presenciais, mas existem protocolos que estão sendo desenvolvidos para garantir a saúde das crianças e de seus familiares”, pontua Bruno Morato.
 

PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021