Vanessa da Mata revela motivo de distanciamento da Igreja Católica

A cantora compartilha experiências de infância e jornada espiritual

Por Plox

04/04/2024 08h04 - Atualizado há 12 dias

Em uma conversa franca no podcast da Foquinha, a cantora Vanessa da Mata abriu o coração sobre sua trajetória de fé e os motivos que a levaram a se afastar da Igreja Católica. Crescida sob a doutrina católica, Vanessa relembrou momentos significativos de sua infância e a influência que as experiências na igreja tiveram em sua vida.

Foto: Reprodução - Instagram - @vanessadamata

Desilusão com a instituição religiosa: Vanessa contou que, inicialmente, estava profundamente envolvida com as atividades da igreja, participando ativamente das orações nas casas das pessoas ao lado de sua avó. No entanto, um incidente perturbador com um padre marcou um ponto de virada em sua fé. "Tinha um padre bem nojento que tentou me comer de qualquer maneira e eu me afastei da igreja completamente", revelou a artista. Ela destacou que a proteção de sua avó durante esses momentos funcionou como um escudo espiritual.

Busca por novas formas de espiritualidade: Após se afastar da Igreja Católica, Vanessa enfrentou um período de revolta contra os ensinamentos religiosos que conhecia. Foi apenas anos depois que ela conseguiu reconhecer que o problema residia nas ações de indivíduos, não na essência dos santos ou nos princípios que lhe eram caros. Aos 40 anos, um despertar espiritual a levou a explorar novas crenças. "Mas aí eu fui e me fechei no candomblé, que foi ótimo para mim", compartilhou, enfatizando como essa transição foi benéfica para seu crescimento pessoal.

Destaques