Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Líder de organização criminosa é preso em BH

    Quadrilha envolvida em crimes de homicídios, tráfico de drogas e lavagem de capitais

    Por Plox

    04/05/2022 20h25 - Atualizado há 3 meses

    As investigações sobre uma organização criminosa envolvida em crimes de homicídios, tráfico de drogas e lavagem de capitais resultou na prisão de um homem, de 46 anos, apontado como a maior liderança do tráfico de entorpecentes nos bairros Pilar e Olhos D’Água, em Belo Horizonte. O suspeito foi preso durante operação da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), deflagrada na noite dessa terça-feira (4/5), nos bairros Pilar e Olhos D’Água e no Aglomerado da Serra.
    Na ocasião, ainda foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão, resultando na arrecadação de uma pistola 9 mm com numeração raspada, uma pistola calibre 380, uma espingarda de pressão, munições, dinheiro, além de cocaína, maconha, crack e artefatos utilizados para o processamento de drogas ilícitas.

    As investigações, coordenadas pelo Departamento Estadual de Investigações de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), iniciaram há cerca de dois anos, devido a um homicídio ocorrido na região Oeste da capital. Durante as apurações, a PCMG identificou o homem de 46 anos e o papel de comando que ele exercia em um grupo criminoso. “Trata-se de uma liderança que há muito tempo era investigada, pela Polícia Civil e pelo nosso Departamento, em função do envolvimento com o mando e a execução de homicídios, ocorridos desde 2020", ressalta a chefe do DHPP, delegada Letícia Gamboge.

    Segundo o chefe da Divisão Especializada em Investigação de Crimes Contra a Vida (DICCV), delegado Frederico Abelha, o suspeito preso não era visto no bairro há muito tempo. “O indivíduo era tido quase como um fantasma na região. Por isso, trata-se de uma prisão que irá trazer paz para a comunidade”, reforça.

     

    Foto: Divulgação PCMG

     

    Investigação e prisão

    Levantamentos apontam que o suspeito teria envolvimento em atividades criminosas há mais de dez anos, sem levantar suspeitas. “Ele atuava no mando, dificilmente na execução de crimes, e não tem antecedentes criminais por causa disso. Foi uma operação muito difícil e bem elaborada, que conseguiu de forma objetiva vincular o suspeito ao tráfico de drogas na região e aos homicídios que estão sendo investigados pelo Departamento”, destaca o delegado Guilherme Catão.

    De acordo com Catão, policiais do DHPP passaram o dia em monitoramento a fim de identificar a possível localização do suspeito. “A equipe conseguiu abordá-lo na rua, dentro do veículo dele. A abordagem, que envolveu até certo perigo, já que ele portava uma arma 9 mm, foi feita com muita precisão, sem colocar ninguém em risco”, observa.

    O homem foi preso, em cumprimento de ordem judicial, pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo de uso proibido e associação criminosa.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]