Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Sargento é afastado por acusação de assédio a estudantes em escola

    Segundo denunciante, o militar passou a incomodar as colegas com frases do tipo 'beijinho no canto da boca'

    Por Plox

    04/06/2019 18h06 - Atualizado há mais de 2 anos

    Um sargento da Polícia Militar foi afastado preventivamente por suspeita de assediar alunas no Distrito Federal. Estudantes usaram roupas pretas em protesto no intervalo das aulas, no Centro Educacional 3, onde estudam as denunciantes, nesta terça-feira, 4 de junho. A instituição é militarizada. 

    Conversa será analisada pela Corregedoria da PM e pela Secretaria de Educação (foto: Reprodução)

    Militar informou que conversa foi enviada "por engano" -Foto: Reprodução


    De acordo com uma estudante, pelo menos duas jovens sofreram os assédios, até mesmo por WhatsApp. Apesar de o sargento ter negado as acusações, ele afirmou que as mensagens eram para a mulher dele, portanto, chegaram para a aluna por engano. A denunciante informou: "Uma aluna foi assediada por um sargento e a outra levou um tapa na 'bunda'. O mesmo pegou o número dela e da irmã em arquivos escolares, e por meio do WhatsApp, passou a incomodá-las com frases do tipo 'beijinho no canto da boca'”, contou. 


    A direção da escola, a Secretaria de Educação e a Polícia Militar se reuniram nessa manhã. A PM disse que a Corregedoria está investigando o caso e que “não admite tal conduta” por parte do militar. Já a secretaria abriu uma sindicância para averiguar o caso e afirmou que não vai “tolerar qualquer tipo de violência” nas escolas, muito “menos vinda de profissionais". 

    Atualizada às 16h56

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]