Caminhão tomba e mata policial rodoviário federal em MG

Viatura da PRF também foi atingida por veículo carregado de toras de madeira

Por Plox

04/06/2024 08h46 - Atualizado há cerca de 2 meses

João Vitor de Rezende Alvarenga, policial rodoviário federal de 37 anos, morreu após ser atingido por uma carreta na BR-365, entre Indianópolis e Romaria, no Triângulo Mineiro. O acidente ocorreu na tarde de segunda-feira, 3 de junho. O veículo de carga, carregado com toras de madeira, tombou no acostamento e atingiu a viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que foi completamente destruída.

Foto: Redes sociais / reprodução

Segundo o Corpo de Bombeiros, o motorista da carreta perdeu o controle e, apesar de ter desviado a frente do veículo, o último compartimento atingiu Alvarenga, que estava fora da viatura junto com outro colega de trabalho.

Equipes da concessionária EPR, responsável pelo trecho, prestaram socorro ao policial, que foi levado para o hospital da Universidade Federal de Uberlândia, mas não resistiu aos ferimentos. O outro policial sofreu apenas ferimentos leves e recebeu atendimento no local do acidente. A rodovia ficou parcialmente interditada devido ao espalhamento da carga.

crédito: CBMMG

Nota de pesar da PRF

A Polícia Rodoviária Federal divulgou uma nota de pesar pelo falecimento de João Vitor de Rezende Alvarenga, que ingressou na instituição em 2012. Inicialmente lotado na Delegacia de Cascavel (PR), ele foi posteriormente transferido para as Delegacias de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, e Uberlândia, no Triângulo Mineiro.

“Manifestamos solidariedade e destinamos nosso sincero desejo de que Deus dê conforto aos familiares, amigos e colegas nesse momento de luto”, declarou a PRF.

Destaques