"Estou me perguntando por que sobrevivi", diz brasileiro após morte de amigo por erupção vulcânica

04/07/2019 15:57

A dupla de amigos estava em excursão, subindo a montanha do vulcão, quando ele explodiu

Publicidade

Depois da morte do amigo, um fotógrafo italiano de 35 anos por conta da erupção de um vulcão, um brasileiro foi socorrido em estado de choque e com desidratação por equipes de resgate. O caso aconteceu nessa quarta-feira, 3 de julho, na ilha de Stromboli, Itália. 

Thiago

Thiago estava em choque após morte do amigo- Foto: Reprodução/Askanews/Captura de tela

O brasileiro Thiago Takeuti estava com o amigo Massimo Imbesi em excursão, quando chegaram próximos a uma aldeia, houve duas explosões no vulcão Stromboli. Eles ficaram encurralados por pedras ao tentarem fugir do local e inalaram fumaça. Duas pessoas se feriram. Dois rios de lava se formaram e os resíduos da explosão queimaram plantações na colina. Muitos turistas pularam no mar com medo e banhistas foram retirados da praia. À agência italiana Ansa, Thiago comentou sobre os momentos desesperadores: “Vivi um milagre. Estou me perguntando por que sobrevivi. Ouvimos uma forte explosão e começamos a correr. Em um primeiro momento, pareciam um belo espetáculo, mas, depois, começaram a cair muitas pedras. Respiramos toda aquela fumaça e Massimo começou a se sentir mal", contou Thiago. Ele tentou reanimar o amigo, mas o italiano não resistiu. 

Italiano Massimo Imbesi morreu após erupção de vulcão Foto: Facebook / Reprodução

Fotógrafo morreu após erupção do vulcão- Foto: Facebook/Reprodução
 

Foto mostra erupção vulcânica em Stromboli, na Itália

Erupção aconteceu quando Thiago e Massimo subiam o cume- Foto: Reprodução

Mar em Stromboli coberto de escombros manchas escuras
Mar ficou cheio de fragmentos do vulcão- Foto: Reprodução

Atualizada às 16h53



Publicidade