Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Se aderir ao “Minas Consciente”, Ipatinga terá que fechar comércio novamente

    Na avaliação do presidente da Aciapi, Cláudio Zambaldi, caso Ipatinga faça adesão ao “Minas Consciente”, o município entraria na primeira onda.

    Por Plox

    04/08/2020 18h34 - Atualizado há cerca de 1 ano

    Na manhã desta terça-feira (4), as presidências da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços de Ipatinga (Aciapi) e Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) manifestaram contrárias aos novos molde do programa “Minas Consciente”, do governo Estadual.
     
    No entendimento das entidades, a adesão do programa pela cidade de Ipatinga é prejudicial para a economia do município. Na avaliação do presidente da Aciapi, Cláudio Zambaldi, caso Ipatinga faça adesão ao “Minas Consciente”, o município entraria na primeira onda. “Diante desse cenário, Ipatinga iria entrar na onda vermelha pelo programa do estado e teria que fechar novamente o comércio não essencial, como ocorreu em Governador Valadares após aderir ao ‘Minas Consciente’. Além disso, demoraria muito tempo para avançarmos de onda. Então não podemos aceitar isso”, afirmou Cláudio.

    Aciapi CDLFoto: Marcelo Augusto / Plox


     
    Segundo o presidente da CDL de Ipatinga, Amaury Gonçalves, o ideal seria se o Estado também fizesse alterações na Deliberação nº 17 para atender aos municípios que já seguem à risca suas normas sanitárias, como é o caso de Ipatinga, ao invés de reformular apenas o “Minas Consciente”, que não prevê uma maior autonomia aos prefeitos. “Não podemos ficar dependentes das decisões do Estado. Precisamos que as cidades tenham maior poder de decisão durante essa pandemia, já que as ações do governo estadual são lentas. Por isso, se a Deliberação nº 17 também fosse atualizada ao longo do tempo, conforme a melhora dos números da doença, os municípios que já a seguem poderiam continuar com seus trabalhos de retomada da economia, sem precisar aderir ao ‘Minas Consciente’”, destacou.

    Veja o vídeo:


     
    Entenda as ondas
     
    A revisão do plano Minas Consciente, que prevê a retomada segura e responsável da economia, busca simplificar as orientações do Estado e adequá-las à realidade dos municípios. Para isso, o Governo de Minas reorganizou a divisão em ondas, que mostra qual o momento indicado para a abertura de cada tipo de comércio e de atividade econômica.
     
    Com as novas regras, o plano Minas Consciente passa a ter três ondas: 
     
    Onda 1 - vermelha - serviços essenciais
     
    Onda 2
    - amarela - serviços não essenciais
     
    Onda 3
    - verde - serviços não essenciais com alto índice de contágio por covid-19

    semaìforo
     
    As mudanças passam a valer a partir desta quinta-feira (6/8). Na ocasião, o Comitê Extraordinário Covid-19 divulgará o detalhamento das ondas a serem seguidas por cada microrregião.
     
    Evolução
     
    Para evoluir da onda vermelha para a amarela, o município deve cumprir as restrições da primeira fase por sete dias. Em seguida, para passar para a verde, é preciso esperar 28 dias. 
     
    É importante lembrar que, a qualquer momento, as cidades podem ser obrigadas a retroceder de onda, caso os dados epidemiológicos mostrem avanço descontrolado da doença. 
     
    As novas regras para o Minas Consciente mantêm o mesmo rigor com relação à retomada da economia, como destaca Passalio. “Em momento algum o novo plano fala de flexibilizar o isolamento. Na verdade, ele é uma forma de isolamento responsável para quem quer preservar empregos, preservar a economia, mas, acima de tudo, preservar a vida das pessoas”, frisa. 
     
    Municípios de menor porte
     
    Uma novidade na revisão do plano são as regras específicas para municípios com população menor ou igual a 30 mil pessoas. As cidades que se enquadram nesse critério e que registraram menos de 50 casos de covid-19 para cada 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, estão autorizadas a ir direto para a onda intermediária (amarela).
     
    Segundo Passalio há, atualmente, cerca de 300 municípios mineiros nessa categoria.
     
    Ondas
     
    Veja, a seguir, exemplos de atividades que estão incluídas em cada uma das três etapas do plano Minas Consciente: 
     
    Onda 1 - vermelha - serviços essenciais
     
    - Supermercados, padarias, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência
     
    - Bares (somente para delivery ou retirada no balcão) 
     
    - Açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros
     
    - Serviços de ambulantes de alimentação
     
    - Farmácias, drogarias, lojas de cosméticos, lavanderias, pet shop
     
    - Bancos, casas lotéricas, cooperativas de crédito
     
    - Vigilância e segurança privada
     
    - Serviços de reparo e manutenção
     
    - Lojas de informática e aparelhos de comunicação
     
    - Hotéis, motéis, campings, alojamentos e pensões
     
    - Construção civil e obras de infraestrutura
     
    - Comércio de veículos, peças e acessórios automotores
     
    Onda 2 - amarela - serviços não essenciais
     
    - Bares (consumo no local)
     
    - Autoescola e cursos de pilotagem
     
    - Salão de beleza e atividades de estética 
     
    - Comércio de eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo
     
    - Papelaria, lojas de livros, discos e revistas, 
     
    - Lojas de roupas, bijuterias, joias, calçados, e artigos de viagem
     
    - Comércio de itens de cama, mesa e banho
     
    - Lojas de móveis e lustres
     
    - Imobiliárias
     
    - Lojas de departamento e duty free
     
    - Lojas de brinquedos
     
    Onda 3 - verde - serviços não essenciais com alto índice de contágio
     
    - Atividades artísticas, como produção teatral, musical e de dança e circo
     
    - Academias e demais atividades de condicionamento físico 
     
    - Cinemas, bibliotecas, museus, arquivos
     
    - Parques, zoológicos e jardins
     
    - Clubes
     
    - Feiras, congressos, exposições, filmagens de festas, casas de festas, bufê
     
    - Parques de diversão, discotecas, boliches, sinuca
     
    - Bares com entretenimento (shows e espetáculos)
     
    - Serviços de colocação de piercings e tatuagens

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]