Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Juíza interroga os sete réus envolvidos no caso Daniel nesta quarta

    Oitivas devem abranger pelo menos três dias, no Fórum de São José dos Pinhais

    Por Plox

    04/09/2019 11h00 - Atualizado há cerca de 2 anos

    Começarão os depoimentos de sete envolvidos no assassinato do jogador Daniel Corrêa, morto em outubro do ano passado. Os interrogatórios estão marcados para a manhã desta quarta-feira, 4 de setembro, e devem abranger pelo menos três dias, no Fórum de São José dos Pinhais.

    Os réus serão ouvidos pela juíza Luciane Martins de Paula. Dentre eles, estão Edison, Cristiana e Allana Brittes, Ygor King, David Willian da Silva, Eduardo da Silva e Evellyn Brisola, que era uma ‘ficante’ do jogador. A audiência havia sido desmarcada pela juíza, porque uma nova testemunha havia surgido no caso em agosto. 

    CASO DANIEL: DOS SETE RÉUS QUE SERÃO INTERROGADOS, ALLANA BRITTES E EVELLYN BRISOLA RESPONDEM EM LIBERDADE (FOTO: REPRODUÇÃO/ ARTE RICMAIS)

    Foto: Divulgação

    O assassinato aconteceu em 2018, em São José dos Pinhais, depois que Edison teria pego o jogador Daniel na cama com a esposa Cristiana e num acesso de raiva o agrediu. O esportista foi morto em um matagal na Colônia Mergulhão, zona rural do município. Ele foi parcialmente degolado e teve o pênis cortado.

    Saiba quem são os réus:

    Edison Brittes (38 anos): homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual e corrupção de menor e coação no curso do processo;
    Cristiana Brittes (35 anos):  homicídio qualificado por motivo torpe, coação do curso de processo, fraude processual e corrupção de menor;
    Allana Brites (18 anos): coação no curso do processo, fraude processual e corrupção de menor;
    Eduardo da Silva (19 anos): homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual e corrupção de menor;
    Ygor King (19 anos):  homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual e corrupção de menor;
    David Willian da Silva (18 anos):  homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual, corrupção de menor e denunciação caluniosa;
    Evellyn Brisola (19 anos):  denunciação caluniosa, fraude processual, corrupção de menor e falso testemunho.

    Atualizada às 11h02
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]