Ipatinga

esportes

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Rodrigo Pastana não é mais diretor de futebol do Cruzeiro

    O ex-diretor era contestado desde sua chegada pelo principal patrocinador do clube

    Por Plox

    04/10/2021 23h51 - Atualizado há 13 dias

    Depois da reunião entre Vanderlei Luxemburgo e o principal investidor do Cruzeiro, Pedro Lourenço, um dos principais pedidos, feitos pelo apoiador cruzeirense, se tornou público nesta tarde de segunda-feira (4). O encontro resultou na saída do diretor de futebol, Rodrigo Pastana.

    O atual diretor do clube era uma das contratações que Pedrinho e grande parte da torcida celeste, não concordavam. Quando o Cruzeiro anunciou sobre a possível vinda do diretor de futebol, a torcida cruzeirense tentou de todas as formas impedir a contratação, devido a um áudio que vazou do técnico, Argel Fucks, chamando Pastana de mau-caráter em 2020.

    Recente, em uma entrevista à rádio Itatiaia, Pedrinho BH, como é conhecido pelos torcedores, disparou contra Rodrigo Pastana “Não deveria nem ter passado na porta da Toca”, disse.

    Rodrigo Pastana em entrevista pelo clube - Foto: Gustavo Aleixo/ Cruzeiro

     

    O investidor ainda demonstrou sua insatisfação, inclusive com o atual presidente do clube, Sérgio Santos Rodrigues. “Se não mudar muita coisa no Cruzeiro, não vai adiantar. Tem que mudar diretoria de futebol. Se não mudar, não tem meu apoio. Não vou ficar salgando carne podre”, comentou.

    Ainda não se sabe quem vem para o clube, mas um grande sonho, inclusive para Pedrinho, era a volta de Alexandre Mattos, que atualmente está sem clube e foi um dos principais nomes do time em 2013 e 2014, quando o Cruzeiro foi Bi campeão do Campeonato Brasileiro. 

    Caso Alexandre Mattos não seja contratado pelo clube Celeste, outras opções já foram apresentadas a atual diretoria. Foram passados os nomes de Paulo Pelaipe, que já esteve no Flamengo e atualmente está no Botafogo de Ribeirão Preto e André Souza, ex-gerente de futebol do Vasco.

    Em quase dois anos de série B, o Cruzeiro não conseguiu se quiser ficar entre os quatro primeiros do campeonato. Algo que torcedores e patrocinadores não concordam pela história do Clube e pesou na demissão de Rodrigo Pastana que foi contratado pelo bom histórico de acessos em temporadas passadas com Criciúma (2012), Figueirense (2013), Paraná (2017) e Coritiba (2019). Tendo que fazer uma campanha quase que perfeita no resto do campeonato para conseguir o acesso, o Cruzeiro já começou a pensar no ano de 2022. 

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]