Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Vale do Aço retorna para onda amarela do Minas Consciente

    Segundo os dados do governo de Minas, as macrorregiões Leste e Vale do Aço tiveram aumento no número de casos e, por isso, precisarão retornar para a onda amarela

    Por Plox

    04/11/2020 22h00 - Atualizado há 12 meses

    As Macrorregiões do Vale do Aço e do Leste de Minas voltaram para a onda amarela do programa Minas Consciente, do Governo de Minas Gerais. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (4), pelo Governo de Minas.

    Segundo os dados do Governo de Minas, apesar dos índices controlados da doença na maior parte do Estado, as macrorregiões Leste e Vale do Aço tiveram aumento no número de casos e, por isso, precisarão retornar para a onda amarela. De acordo com o governo estadual, as decisões do Comitê passam a valer no próximo sábado (7), após publicação das mudanças no Diário Oficial.

    O governador Romeu Zema comentou as mudanças e fez um apelo para que a população não se descuide.

    “No geral, os números estão melhorando, mas, infelizmente, tivemos duas regressões nesta semana. Duas regiões que estavam na onda verde precisarão retornar para a onda amarela porque a situação piorou. Fica muito claro que é necessário continuarmos com todos os cuidados. Estamos vendo, inclusive, em países em que a pandemia estava praticamente eliminada, o retorno de uma segunda onda. Fica o meu alerta de que não podemos baixar a guarda”, disse Zema.

    Regiões da onda amarela. Foto: divulgação/Governo de Minas Gerais

    As macrorregiões Vale do Aço e Leste agora estão juntas com às regiões Triângulo do Norte e Leste do Sul. Na fase Amarela do programa é permitido:

    - Bares (consumo no local);

    - Autoescolas e cursos de pilotagem;

    - Salões de beleza e atividades de estética;

    - Comércio de eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo;

    - Papelarias, lojas de livros, discos e revistas;

    - Lojas de roupas, bijuterias, joias, calçados, e artigos de viagem;

    - Comércio de itens de cama, mesa e banho;

    - Lojas de móveis e lustres;

    - Imobiliárias;

    - Lojas de departamento e duty free;

    - Lojas de brinquedos;

    - Academias (com restrições);

    - Agências de viagem;

    - Clubes.

     

    Macrorregiões do Estado

    Dez das 14 macrorregiões de Saúde mineiras estão na onda verde do Minas Consciente, plano elaborado pelo Governo de Minas para garantir a retomada segura e gradual da economia nos municípios.

    Regiões da onda verde. Foto: divulgação/Governo de Minas Gerais

    O número foi atingido após a região Nordeste, que engloba cidades como Teófilo Otoni e Nanuque, avançar para a fase mais flexível, conforme decisão tomada pelo Comitê Extraordinário Covid-19, nesta quarta-feira (4/11). A onda verde permite a reabertura de parques, cinemas e museus, desde que as regras sanitárias e de distanciamento sejam seguidas.

     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]