Prisão de motorista de creche em Maceió por aliciamento infantil e exploração sexual

Suspeito usava chocolates para persuadir criança a enviar imagens da mãe nua, causando indignação e alerta entre os pais

Por Plox

04/12/2023 21h51 - Atualizado há 7 meses

Um motorista de uma creche em Maceió foi preso sob acusação de aliciar uma criança para enviar fotos e vídeos da mãe nua. A prisão ocorreu após a mãe da criança expor o caso na internet.

Reprodução Redes Sociais 

Modus Operandi do Suspeito: Conforme relatado pela vítima, o homem de 55 anos, que também era responsável pelo transporte das crianças para a creche gerida por sua esposa, usava chocolates como meio de convencer a criança a gravar e enviar as imagens. Ele trabalhou para ganhar a confiança da criança ao longo do tempo.

Relato da Mãe: A mãe da criança, chocada com a descoberta, relatou nas redes sociais como o motorista induziu a filha a apagar as imagens da conversa, mas não da galeria do telefone. Ela descreveu o suspeito como um "homem de bem" e expressou sua indignação e repulsa pelo ocorrido.

Denúncias de Outras Mães: Após a exposição do caso, outras mães procuraram a vítima para denunciar comportamentos inapropriados do motorista, incluindo um incidente em que ele pediu a outra criança para sentar em seu colo.

Negação do Suspeito: O motorista negou as acusações, alegando que a criança enviava os vídeos "espontaneamente" e que oferecia doces porque ela "gostava".

Apelo da Delegada: A delegada Teila Rocha, que está à frente do caso, solicitou que mães de outras possíveis vítimas procurem a polícia para fazer denúncias, ampliando o escopo da investigação.

Destaques