Tráfico ilegal de mercúrio no Brasil e seu impacto ambiental e humano

Investigação revela o percurso do mercúrio ilegal no Brasil, desde a entrada clandestina até o uso nas minerações

Por Plox

04/12/2023 07h27 - Atualizado há 7 meses

Uma operação conjunta da Polícia Federal e do Ibama trouxe à luz a rota clandestina de entrada do mercúrio no Brasil, destacando seu uso nas atividades de garimpo. Esse elemento, conhecido por sua alta toxicidade, representa uma ameaça séria tanto para o meio ambiente quanto para a saúde pública. A investigação detalha como o mercúrio, após ser introduzido ilegalmente no país, é distribuído para grandes mineradoras e utilizado no processo de extração de ouro.

Reprodução

Riscos Ambientais e para a Saúde O uso de mercúrio no garimpo é uma prática antiga, mas que traz consequências devastadoras. Além de contaminar rios e ecossistemas aquáticos, o mercúrio acumula-se nos peixes, entrando na cadeia alimentar e afetando diretamente a saúde humana. Essa contaminação resulta em riscos significativos, especialmente para comunidades ribeirinhas e trabalhadores do setor de mineração.

O "Rei do Ouro" e a Cadeia de Distribuição A reportagem também destaca a figura do homem conhecido como o "Rei do Ouro", peça-chave na distribuição do mercúrio ilegal para as mineradoras. Esse elo entre o tráfico ilegal de mercúrio e a mineração de ouro demonstra a complexidade e a extensão do problema, ressaltando a necessidade de medidas rigorosas de fiscalização e controle por parte das autoridades.

Destaques