Ex-juíza de Ipatinga faz vídeo “ensinando” como não usar máscara em shopping

A magistrada postou um passo a passo de como não usar a máscara em shopping e ainda publicou a hashtag "Aglomera Brasil" em um outro vídeo

Por Plox

05/01/2021 17h15 - Atualizado há mais de 3 anos

A juíza Ludmila Lins Grilo que já atuou na comarca de Ipatinga está tendo sua conduta apurada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) após a magistrada publicar em rede social um passo a passo de como não usar máscara de proteção contra a Covid-19 no Shopping e a hashtag “Aglomera Brasil”. Atualmente Ludmila Lins atua na Vara Criminal e da Infância e da Juventude em Unaí, no Noroeste de Minas Gerais.

Nessa segunda-feira (4), o CNJ recebeu uma representação para abrir um processo administrativo contra a magistrada Ludmila Lins Grilo. A conduta da juíza vai contra as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para prevenção do novo coronavírus.

O vídeo da juíza viralizou nas redes sociais. Nas imagens Ludmila Lins aparece tomando sorvete e cita em três passos como andar sem máscara no centro de compras "de forma legítima":

Foto: Reprodução Twitter

 

"Compre um sorvete; pendure a máscara no pescoço ou na orelha, para afetar elevação moral; caminhe naturalmente". O vídeo teve mais de 600 mil visualizações.

Foto: Reprodução Twitter

 

Em uma outra publicação a magistrada posta um vídeo da virada de ano em uma praia em Búzios-RJ e usa hashtag "Aglomera Brasil".
 

Destaques