Ipatinga

política

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    PLOX em Brasília: PEC do auxílio emergencial será votada

    O texto foi aprovado nessa quinta-feira (4), em segundo turno, pelo Senado

    Por Plox

    05/03/2021 10h33 - Atualizado há 8 meses

    O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, sinalizou que a Proposta de Emenda à Constituição, conhecida como PEC Emergencial, será votada na Casa a toque de caixa.

    Segundo informações, há uma concordância entre os líderes de que a matéria seja votada diretamente pelo plenário, sem passar por nenhuma comissão. O texto foi aprovado nessa quinta-feira (4), em segundo turno, pelo Senado.

     

    Este novo texto flexibiliza regras fiscais, o que vai permitir a retomada do programa de auxílio emergencial. A proposta não apresenta detalhes, como duração, valores ou outras condições para o auxílio emergencial.

     

    Veja também: Entenda as mudanças da PEC Emergencial, que viabiliza volta do auxílio

     

    O texto prevê que as despesas com o novo programa, poderão ser cobertas através de uma abertura de crédito extraordinário que deverá ser encaminhada pelo governo para análise do congresso.

    Foto: Agência Brasil

     

    A PEC deve evitar que o governo descumpra o limite de teto de gastos. Caso isto esteja prestes a ocorrer, algumas medidas serão automaticamente adotadas. No caso de as despesas obrigatórias do governo atingirem 95%, fica automaticamente proibido o aumento de salário dos servidores, a oferta de bônus e a contratação de novos funcionários.

    O presidente Jair Bolsonaro, em live transmitida na semana passada, já adiantou que o auxílio emergencial deve voltar ainda neste mês de março. 

    Ele deve ser composto por quatro parcelas de R$300. Outra mudança é que nem todas as pessoas que receberam os auxílios anteriores irão receber este novo auxilio.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]