Acusado de planejar matar delegado de Timóteo é preso

O homem planeja por conta de uma ocorrência de 2019, em que ele e a esposa foram presos por tráfico de drogas

Por Plox

05/04/2023 10h34 - Atualizado há cerca de 1 ano

A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu um homem de 28 anos, foragido da Justiça, que planejava um atentado contra o delegado Jorge Caldeira, da comarca de Timóteo, no Vale do Aço, em Minas Gerais. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (5), pela Polícia Civil. A prisão ocorreu nesta quinta-feira (4), no bairro Petrópolis, em Timóteo.

Segundo as informações, a PC, por meio da Delegacia de Homicídios de Ipatinga, prendeu o homem na última semana. O suspeito havia fugido do presídio de Coronel Fabriciano, onde cumpria pena por roubo à mão armada e corrupção de menores, e passou um período na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero antes de retornar ao Brasil.

Foto: divulgação/ Polícia Civil

 

A prisão do foragido foi realizada por uma força-tarefa composta por policiais civis da Delegacia de Homicídios de Ipatinga e da Delegacia de Timóteo. Segundo as investigações ,o homem planejava assassinar o delegado.

Conforme os relatos, o plano seria por conta de uma ocorrência de 2019, após uma operação comandada pelo delegado Jorge Caldeira, que resultou na prisão do homem e de sua companheira, por tráfico de drogas e porte de arma.

Um inquérito policial foi instaurado para apurar os fatos e os policiais continuam realizando diligências na comarca de Timóteo a fim de prender os demais envolvidos no caso.

A investigação aponta que os suspeitos estariam fazendo parte de uma organização criminosa dedicada ao tráfico de drogas, com ramificações no Paraguai e responsável por diversos homicídios na região.
 

Destaques