Faculdade de Medicina do Vale do Aço recebe nota máxima em avaliação do MEC

O relatório da avaliação enfatizou a estrutura da Instituição, destacando o Ambulatório próprio de Especialidades Médicas e o Centro de Simulação, que foram recém-inaugurados

Por Matheus Valadares

05/04/2023 18h24 - Atualizado há cerca de 1 ano

A Faculdade de Medicina do Vale do Aço (Univaço) passou pelo processo de recredenciamento institucional remoto do Ministério da Educação (MEC) nos dias 27, 28 e 29 de março e recebeu a nota máxima de 5, concedida às instituições de ensino superior. A avaliação criteriosa realizada analisou as dimensões dispostas no Sistema Nacional de Educação Superior (SINAES), a fim de verificar se o plano de desenvolvimento institucional condiz com a realidade, se há inserção social, se é oferecida uma estrutura adequada para o desenvolvimento das habilidades necessárias na graduação e perceber quais são as políticas institucionais relacionadas ao ensino, à pesquisa, à extensão, à sustentabilidade, responsabilidade social, entre outras.

O relatório da avaliação enfatizou a estrutura da Instituição, destacando o Ambulatório próprio de Especialidades Médicas e o Centro de Simulação, que foram recém-inaugurados. Foto:  Univaço/Divulgação.

 

O relatório da avaliação enfatizou a estrutura da Instituição, destacando o Ambulatório próprio de Especialidades Médicas e o Centro de Simulação, que foram recém-inaugurados. A Univaço está presente nas unidades básicas de saúde, nos centros de especialidades e nos principais hospitais públicos e privados da região do Vale do Aço, o que demonstra que tem condições de fazer uma oferta qualificada de ensino para seus alunos.

 “Esse processo de recredenciamento sinaliza que estamos no caminho certo, em termos de políticas acadêmicas, gestão, processos educacionais, planejamento, desenvolvimento institucional,  valiação/auto avaliação, entre outros elementos. O relatório enaltece a estrutura da IES (destaque para o Ambulatório próprio de Especialidades Médicas, para o Centro de Simulação recém-inaugurados) e os cenários de atividades. Atualmente estamos presentes nas unidades básicas de saúde, nos centros de especialidades e nos principais hospitais públicos e privados da região do Vale do Aço. Isso demonstra que temos condições de fazer uma oferta qualificada de ensino para nossos alunos.” Afirma o professor Vinícius Lana Ferreira, Diretor Geral da Univaço.

Novo ambulatório que realiza mais de 20 mil atendimentos médicos por ano

A Univaço inaugurou seu novo ambulatório no ano de 2022, que realiza mais de 20 mil atendimentos médicos por ano, de forma gratuita. No ambulatório, a oferta de consultas e especialidades médicas é regulada pela secretaria municipal de saúde. A meta é que o espaço complemente a rede municipal apoiando no processo de diminuição da demanda reprimida de especialidades médicas.

Para o diretor Geral da instituição de ensino, a nota 5 é um motivo de orgulho e demonstra a qualidade do trabalho desenvolvido pela equipe. Foto: Univaço/Divulgação.

 

Compromisso social da Instituição na região

A Faculdade de Medicina do Vale do Aço tem um forte compromisso social na região. Além de formar médicos, a Instituição oferece assistência à saúde da população de forma gratuita e, mais recentemente, passou a contribuir para o processo de educação continuada de profissionais da saúde do município com oferta de várias capacitações. Além disso, diversos projetos de extensão são desenvolvidos a fim de levar assistência à saúde e educação para a população de Ipatinga e região.

Corpo docente e método de ensino

Os avaliadores também destacaram a qualidade do corpo docente e o método de ensino, caracterizado como contemporâneo, ativo e atento às necessidades dos alunos. A Univaço possui canais sólidos e estruturados para escutar as demandas da comunidade acadêmica, como a Comissão Própria de Avaliação (CPA), avaliações internas, ouvidoria e outros canais que auxiliam na medição da avaliação dos discentes, servidores e comunidades.

Desafios importantes

Para o diretor Geral da instituição de ensino, a nota 5 é um motivo de orgulho e demonstra a qualidade do trabalho desenvolvido pela equipe. No entanto, também impõe importantes desafios, como o aprimoramento e o aperfeiçoamento de práticas para empreender e inovar no campo da formação médica.

“Essa nota 5 nos orgulha muito. O momento que estamos vivendo demonstra a qualidade do trabalho desenvolvida por nossa equipe que é muito comprometida e dedicada, mas ao mesmo tempo, nos impõe desafios importantes, que são o aprimoramento e o aperfeiçoamento de nossas práticas buscando empreender e inovar no campo da formação médica. Os avaliadores nos qualificaram com a nota 5, mas também trouxeram contribuições importantes no relatório, a respeito de oportunidades de melhorias. Nosso desafio de agora é importante, pois temos a oportunidade de atender as contribuições construtivas a partir desse processo, objetivando a melhoria contínua da qualidade dos serviços que prestamos.” Disse.

Melhoria contínua da qualidade dos serviços

Lana ressalta que, mesmo com a nota 5, há oportunidades de melhorias. Os avaliadores trouxeram contribuições importantes no relatório, e agora, o desafio da Instituição é atender essas contribuições construtivas a partir desse processo, objetivando a melhoria contínua da qualidade dos serviços que prestam.

A Univaço aguarda, ainda este ano, a visita de outros avaliadores do MEC para o processo de renovação do curso de medicina.


 

Destaques