Homem coloca fogo em ônibus com passageiros no Rio de Janeiro e deixa mulher e criança gravemente feridas

Suspeito, que também se feriu no ataque, foi preso em flagrante

Por Plox

05/04/2023 15h56 - Atualizado há cerca de 1 ano

Um homem ateou fogo a um ônibus em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, na manhã desta quarta-feira (5), deixando uma mulher e uma menina de cerca de 4 anos gravemente feridas. O incidente ocorreu na Avenida Brigadeiro Lima e Silva, no bairro Jardim Vinte e Cinco de Agosto. O suspeito, que também se feriu no ataque, foi preso em flagrante.

O agressor foi identificado como Cleber da Conceição Sirilo, de 39 anos, e está sob custódia no Hospital Municipal Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo. As vítimas, Cristiane da Silva Moreira Nascimento, de 47 anos, e a criança, estão em estado grave e gravíssimo, respectivamente. A menina precisou ser intubada.

Foto: reprodução

 

Foto: reprodução

 

Testemunhas relataram que o homem entrou no ônibus próximo a um supermercado na Rodovia Washington Luís, portando uma sacola preta com um galão de gasolina e uma faca. Depois de alguns metros, no próximo ponto de parada, Cleber começou a furar o galão e jogar o combustível nos passageiros, ameaçando-os com a faca. Em seguida, ele ateou fogo, atingindo a mulher e a criança.

Cristiane foi levada ao Hospital Municipal Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo às 11h20, com queimaduras na perna. A equipe de urgência da unidade a atendeu. A criança, após ser intubada e estabilizada, foi transferida para o Hospital Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, onde passa por cirurgia.

Foto: reprodução

 

Homem preso por atear fogo em ônibus/Foto: reprodução

Cleber foi encaminhado ao Hospital Municipal Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo às 11h42, com queimaduras no rosto e membros inferiores. Ele apresenta queimaduras em 50% do corpo e seu estado de saúde é grave.

Outras duas vítimas, Fernanda de Moura Almeida, de 43 anos, e Cleide Pereira Campos, de 56 anos, que foram pisoteadas ao tentar sair do ônibus em chamas, foram atendidas no Hospital Municipalizado Adão Pereira Nunes. Ambas estão lúcidas e orientadas, apresentando escoriações e dor abdominal, respectivamente.

Destaques