Polícia prende pai de santo suspeito de estuprar meninas durante ritual em MG

De acordo com as denúncias, o pai de santo alegava que elas precisavam passar por um processo de "assentamento da entidade"

Por Plox

05/04/2023 15h57 - Atualizado há cerca de 1 ano

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu nesta quarta-feira (5) um pai de santo de 59 anos, investigado por estupro e estupro de vulnerável em ritual macabro. A prisão ocorreu no bairro Jaqueline, na região Norte de Belo Horizonte, Minas Gerais.

Conforme a Polícia Civil, o homem foi encontrado durante a operação, denominada "Canto da Sereia", deflagrada após uma série de denúncias envolvendo o suspeito. Duas meninas, uma delas enteada do suspeito, de 15 anos, e uma amiga que estava morando em sua casa, de 18. 

Foto: divulgação/ Polícia Civil

 

Conforme os policiais, até o momento, três denúncias foram feitas contra o pai de santo, sendo duas delas por enteadas do acusado. Uma vítima disse aos investigadores que seriam, pelo menos, 14 vítimas,

De acordo com as denúncias, o pai de santo escolhia as vítimas e alegava que elas precisavam passar por um processo de "assentamento da entidade", ficando a sós com elas. Nesse momento, ocorreria os abusos.

O suspeito convencia as vítimas de que a entidade necessitava da secreção vaginal da mulher, mas, na verdade, o ritual não exigiria nem mesmo contato físico. O homem chegou a afirmar que precisava levar as vítimas ao orgasmo e que alguns atos com a entidade resultariam na secreção.

A Polícia Civil segue investigando o caso e oferecendo acolhimento às vítimas que queiram denunciar os abusos cometidos pelo pai de santo.

Destaques