Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Comércio de Timóteo e Fabriciano já tem horário definido para Dia das Mães 

    Em Ipatinga, a Prefeitura ainda não se posicionou sobre o funcionamento das lojas 

    Por Plox

    05/05/2020 19h55 - Atualizado há mais de 1 ano

    Nesta semana de Dia das Mães, celebrada no próximo domingo (10), o comércio de Coronel Fabriciano está autorizado a funcionar, até próxima sexta-feira, das 8h às 19h. No sábado (09), as lojas têm a permissão para abrir as portas das 8h às 16h. Já em Timóteo, o expediente será das 10h às 19h nos próximos dias, enquanto no sábado o funcionamento ocorre das 9h às 15h. 

    Segundo o Sindcomércio, a Prefeitura de Ipatinga ainda não se posicionou quanto ao horário ampliado das lojas. Por enquanto, o comércio na cidade funciona das 10h às 16h, de segunda a sexta-feira, e das 9h às 13h aos sábados.

     

    timoteo-comercioEm Timóteo, o expediente será das 10h às 19h nos próximos dias, enquanto no sábado o funcionamento ocorre das 9h às 15h. Foto: divulgação/Sindicomércio
     

    De acordo com José Maria Facundes, presidente do Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Bens e Serviços (Sindcomércio) do Vale do Aço, o DIa da Mães perde apenas para o Natal em termos de vendas.

    “Em termos de vendas, o Dia das Mães perde apenas para o Natal. Então, culturalmente, nos dias às vésperas do 2º domingo de maio, há um aumento no fluxo de pessoas nas ruas, crescendo não só o número de clientes no interior das lojas, bem como a demanda por ônibus coletivos e mais segurança nas principais vias do município”, disse José Maria Facundes.

     

    Comercio-fabri-2O comércio de Coronel Fabriciano está autorizado a funcionar, até próxima sexta-feira, das 8h às 19h e no sábado (09), as lojas têm a permissão para abrir as portas das 8h às 16h. Foto: divulgação/Acicel
     


        
    Comércio de Ipatinga

    Segundo o presidente do Sindcomércio, foi enviado ofício à Prefeitura de Ipatinga com sugestão de ampliação do horário: 10h às 19h, até a próxima sexta-feira; 9h às 15h, no sábado. 

    Horário ampliado e o Covid-19 
    Conforme o presidente do Sindcomércio Vale do Aço, considerando as nuances que envolvem a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), além da já habitual maior movimentação no Centro e bairros na semana do Dia das Mães, abrir o comércio mais horas nos próximos dias seria importante para estar alinhado às diretrizes de saúde que estão sendo propagadas neste momento. “O horário sugerido por nós evitaria a aglomeração de pessoas nas ruas e está de acordo com o que a legislação vigente autoriza no que concerne à permissão de duas horas extras por dia, além das 44 semanais”, informa José Maria. 

    Horas extras
    Por último, o presidente do Sindcomércio reitera que não há impedimento para que os funcionários que tiveram a jornada reduzida possam prestar horas extras, desde que o empregador respeite o limite máximo de duas horas permitidas pela Consolidação das Leis de Trabalho (CLT). “Por exemplo, se foi reduzida em 50% a jornada de trabalho e o salário, estão permitidas as quatro horas contratuais, mais duas extras. Já nos casos de redução de 25%, ficam autorizadas as seis horas contratuais, com a possibilidade de se acrescentar mais duas”, explica.  

    Banco de horas 
    O pagamento das horas extras, complementa Facundes, deve ser feito com os seus respectivos adicionais. “Há a alternativa, também, de incluir as horas extraordinárias trabalhadas no Banco de Horas dos funcionários para que depois eles possam aproveitá-las. Devemos lembrar, ainda, que é permitido utilizar as horas extras para compensar o saldo negativo do mesmo Banco de Horas”, conclui o presidente do sindicato. 
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]