Ipatinga

mundo

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Menina do meme em frente a chamas revela história por detrás de seu sorriso: “incêndio controlado”

    Zoë Roth revelou que as chamas não se tratavam de uma tragédia

    Por Plox

    05/05/2021 12h30 - Atualizado há 5 meses

    Zoë Roth, “a menina do desastre”, hoje com 21 anos, resolveu revelar a história por detrás do meme quando ela tinha cinco anos e aparece em frente a um incêndio. Ela disse que as chamas do local se tratavam apenas de um treinamento dos bombeiros e que a casa que pegava fogo tinha sido doada a eles para esse exercício.

    Zoë, em entrevista ao BuzzFeed, contou que ela assistia à televisão com a família quando escutou sirene de bombeiros. Ao sinal do barulho, todos foram para fora para saber o porquê do estardalhaço. Seu pai, que era admirador de fotografias e havia adquirido uma câmera há pouco tempo, levou a menina ao local das chamas.

    Menina do meme em frente a chamas revela história por detrás de seu sorriso: “incêndio controlado”
    Zoë Roth, “a menina do desastre”, revelou que chamas da foto se tratavam de um “incêndio controlado” Foto: reprodução

    De acordo com  Zoë, a atitude tranquila dos bombeiros os fez concluírem que não parecia acontecer uma tragédia.

    Logo em seguida, eles ficaram sabendo que os donos do imóvel em chamas tinham doado a casa para que os bombeiros colocassem fogo nela para realizar um exercício de treinamento e fazer um “incêndio controlado”.

    Ela conta que seu sorriso aparentemente irônico no meme não é na verdade um deboche diante de uma tragédia. "Meu pai estava tirando fotos da casa quando me disse que era hora de sorrir. Ele me pediu para sorrir e é por isso que eu fiz aquela cara. Era assim que eu sorria naquela época”, fala.

    A foto começou a circular entre a família até se tornar meme e viralizar. O sucesso foi tanto que foi vendida recentemente por ela por US$ 500 mil, cerca de R$ 2,7 milhões.

    A jovem diz que com o valor recebido pagará dívidas estudantis, vai dividir o dinheiro entre seus parentes e ainda doará parte para instituições de caridade.

    Zoë vendeu a fotografia em um leilão como um certificado de propriedade digital. O valor foi pago através de criptomoedas. No ano de 2008, a fotografia venceu um concurso de uma revista.

    Desde quando foi publicada, a imagem viralizou. Zoë, em entrevista ao New York Times, falou que gosta muito de ver a repercussão da foto. Adoro vê-los [os memes] porque nunca faria nenhum deles, mas adoro ver como as pessoas são criativas", afirmou ela ao jornal.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]