Ipatinga

política

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Pedidos de títulos de eleitores para menores de 18 anos bate recorde no país

    Acredita-se que a grande mobilização social garantiu este recorde. Ela foi iniciada pelo TSE na semana do jovem eleitor

    Por Plox

    05/05/2022 21h41 - Atualizado há 3 meses

    O Brasil ganhou mais de 2 milhões (2.042.817) de novos eleitores com idade entre 16 e 18 anos, entre janeiro e abril deste ano, 2022. Um aumento de 47,2% em relação ao mesmo período de 2018 e de 57,4% em relação ao mesmo período de 2014, embora o voto seja facultativo nesta idade. 

    Acredita-se que a grande mobilização social garantiu este recorde, que foi iniciada pelo TSE na semana do jovem eleitor, que ocorreu entre 14 e 18 de março, e que contou com aprovação e o apoio dos partidos e seus políticos, de artistas e de toda a sociedade brasileira 

    A Justiça Eleitoral também bateu recordes de atendimentos para regularização do título de eleitor no dia do fechamento do cadastro eleitoral, ontem, quarta-feira, 04 de maio, que era o fim do prazo para solicitações de emissão e transferência do título eleitoral. Foram registrados mais de 1,3 milhão de pedidos, maior número para um único dia na história.

    Veja o vídeo:

     

     

    Os dados foram divulgados pelo ministro Luiz Edson Fachin, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta quinta-feira (05), ao abrir a sessão do TSE. A respeito dos novos eleitores, Fachin disse que: "No dia 2 de outubro, poderão comparecer às urnas para exercer o nobre e digno direito do voto". Ele ainda disse que “a Justiça Eleitoral, senhoras e senhores, não medirá esforços para realizar eleições limpas, transparentes, com paz e segurança e diplomar os eleitos", afirmou Fachin.

    Todos estes números ainda podem ser alterados, já que os dados concretos ainda serão contabilizados e analisados. O perfil e o detalhamento do eleitorado brasileiro, assim como o quantitativo final de pessoas habilitadas para comparecer às urnas neste ano, será divulgado no dia 11 de julho, pelo TSE. 

    O ministro Edson Fachin também destacou a função da imprensa profissional na divulgação de informações durante as eleições: "Destaco a importância da imprensa livre, respeitada, dos profissionais respeitados, não agredidos, da imprensa livre e do acesso à informação, do poder de exercer seu papel", afirmou Fachin.


     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]