Conselheiros do Cruzeiro são presos pela Polícia Federal

Por Plox

05/06/2019 14h23 - Atualizado há quase 5 anos

Nesta quarta-feira (5) uma operação da Polícia Federal, batizada de “Escobar”, cumpriu mandados de prisão contra três pessoas ligadas ao Conselho Deliberativo do Cruzeiro. Um deles é indicado pelo atual presidente do conselho, Zezé Perrella, para formar a comissão que irá apurar as denúncias contra o clube.

Os detidos são Marcio Antonio Camillozzi Marra, Carlos Alberto Arges Júnior e Ildeu da Cunha Pereira. A informação foi divulgada pelo site UOL.

Todos são servidores da Polícia Federal. Márcio Marra é suspeito de retirar documentos sigilosos e vazar dados do sistema. Carlos Alberto é conselheiro do clube e já prestou serviços ao Cruzeiro. Ildeu foi superintendente jurídico da Raposa e representa Itair Machado em alguns processos.

Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro
reuniao-do-conselho-deliberativo-do-cruzeiro-1553804585606 v2 900x506

Destaques