Asteroide "potencialmente perigoso" passa próximo à Terra em agosto, informa Nasa

05/08/2019 16:36

Corpo celeste é maior que o Empire States, arranha-céu de 102 andares em Manhattan

Publicidade

Com 570 metros de diâmetro, tamanho suficiente para devastar um estado inteiro, o asteroide 2006 QQ23 passará próximo à Terra. O corpo celeste é maior que o Empire States, arranha-céu de 102 andares em Manhattan. A estimativa é de que o astro se aproxime do planeta no sábado, 10 de agosto, numa distância de 7,4 milhões de quilômetros da Terra, é o que informou a agência espacial Nasa.

astro

Corpo celeste é maior que o Empire States- Foto: Divulgação/Imagem Ilustrativa

Apesar de a distância parecer muito grande, pesquisadores informaram que estará próximo o suficiente para ser descrito como "potencialmente perigoso". Porém, segundo Lindley Johnson e Kelly Fast, do Departamento de Coordenação de Defesa Planetária da Nasa, o asteroide é "mais ou menos benigno".

Há seis anos atrás, um meteoro feriu mais de mil pessoas na Rússia após romper a atmosfera terrestre. O corpo espacial tinha 15 metros de diâmetro. Segundo estudos capitaneados pela Nasa, há pelo menos 900 desses astros maiores do que o 2006 QQ23, e anualmente, ao menos seis passam próximos ao planeta azul.

Mais um em outubro
A Nasa também detectou o asteroide FT3 vindo em direção à Terra. Mas esse deve se aproximar do nosso planeta no dia 3 de outubro deste ano. O corpo celeste pesa 55 milhões de toneladas e possui 340 metros de diâmetro. O asteroide tem um potencial destrutivo que equivale a 2,7 mil megatons de TNT. Para se ter uma noção, a bomba lançada em Hiroshima, em 1945, no Japão, possuía no máximo 18 quilotons de TNT. Caso colidisse com a Terra, várias cidades vivenciariam grande destruição, com inúmeras mortes.

Atualizada às 16h37
 



Publicidade