Galo Maurice poderá continuar cantando e dona dele receberá indenização

05/09/2019 11:22

A sentença foi determinada nesta quinta-feira, 5 de setembro, após disputa judicial

Publicidade

Chegou ao fim a disputa judicial entre a dona do galo Maurice e moradores, que reclamavam da cantoria da ave de madrugada na ilha turística de Oleron, na França. Maurice poderá continuar cantando e Corinne Fesseau, dona dele, terá que receber dos moradores que reclamaram, uma quantia de mil euros por danos morais. A sentença foi dada nesta quinta-feira, 5 de setembro, no tribunal Rochefort.

O advogado Julien Papineau, se mostrou satisfeito com a decisão: "Maurice venceu”. Já Corinne, se emocionou: "Não tenho palavras. Vencemos. É uma vitória para todas as pessoas na minha mesma situação. Espero que crie jurisprudência".

(foto: XAVIER LEOTY / AFP)

Desde junho, Corrine enfrenta uma disputa judicial pela cantoria do galo Maurice- Foto: Divulgação

Tudo começou quando vizinhos denunciaram na Justiça por “dano sonoro" pelo canto do galo, que segundo eles, o acordavam muito cedo. “É um problema de dano sonoro. O galo, o cachorro, a buzina, a música, é um caso de barulho", justificou o advogado os denunciantes, Vincent Huberdeau, afirmando não ser uma disputa entre cidade e campo. Para tentar sensibilizar a Justiça, foi feita uma petição pública que teve mais de 140 mil assinaturas. As denúncias dos vizinhos foram feitas em junho de 2019, e desde então, Maurice ficou conhecido no mundo todo.
 

Atualizada às 12h34



Publicidade