Sara Winter chora em vídeo e se diz decepcionada com Bolsonaro e Damares

“Não tem Bolsonaro e nem Damares pra ajudar” reclama a extremista

Por Plox

05/10/2020 15h42 - Atualizado há mais de 3 anos

A defensora extremista de direita, Sara Winter, gravou um vídeo em tom de desabafo, nesse domingo (4). A ativista afirmou estar decepcionada com o presidente Jair Bolsonaro e com a ministra de Estado da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves.

No vídeo publicado em sua conta no Instagram, Sara chorava enquanto criticava o governo federal. Em um dos trechos ela disse “Tem horas que eu só queria gritar, gritar e gritar para alguém me ajudar, mas não existe esse alguém, sabe? Aí eu lembro e volto para os conselhos do meu psiquiatra e vou ter que levantar e vou ter que resolver os meus problemas. E não tem Bolsonaro para ajudar, e não tem Damares para ajudar”.

“Cansada de ficar calada enquanto vejo o governo que dei minha vida enfiar uma **** no meu **. Damares? Eu sou a filha que Damares abortou. O ofício que meus advogados protocolaram no Ministério dos Direitos Humanos no dia 17 de junho sobre a prisão política está jogado lá, nem olharam, tampouco responderam”, afirmou a ativista.

Sara WinterFoto: Reprodução Instagram

 

Durante entrevista ao portal bolsonarista Brasil Sem Medo, publicada nesse domingo, 4, Sara se intitula como a “cancelada” da direita brasileira. Ela reforça ainda a sensação de que se sentiu “abandonada” pelo governo Bolsonaro por não ter recebido apoio ao ser presa. “Eu me sinto abandonada institucionalmente. Ministério da Justiça, nada. Ministério dos Direitos Humanos, nada. O próprio presidente da República, nada, não fez sequer uma ligação”, disse na entrevista.

Contudo, nesta segunda, Sara fez outra publicação, disse que "ainda está com Bolsonaro". "Continuo com Bolsonaro? Sim. Se sou obrigada a pular de alegria com 100% das decisões dele e de seu governo/ministros? Não. E está tudo bem nisso".
 

Destaques