Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Entregador de lanches aceita convite para estupro coletivo e acaba preso pela polícia

    O indivíduo teria ido ao endereço para entregar comida e aceitou o convite dos demais suspeitos

    Por Plox

    05/11/2021 13h30 - Atualizado há 25 dias

    A polícia prendeu um entregador de lanche por suspeita de participar de um estupro coletivo, de uma jovem de 24 anos em Praia Grande, região no litoral de São Paulo. O indivíduo teria ido ao endereço para entregar comida e aceitou o convite dos demais suspeitos para participar do abuso.

    Foto: Divulgação/Polícia Civil

     

    O motoboy e mais quatro suspeitos presos pela polícia. O acusado negou a participação no crime, mas foi reconhecido pela vítima. Os indivíduos estão em prisão temporária, após cumprimento de mandados pelos policiais do Grupo de Operações Especiais (GOE).

    O crime aconteceu no dia 24 de outubro. Em entrevista à TV Tribuna, afiliada da Rede Globo, a delegada Lyvia Bonella explicou a dinâmica do crime. “Os abusadores pediram comida por aplicativo, e veio um motoboy entregar. Ele foi convidado a participar dos atos abusivos que a vítima estava sofrendo. E ele, segundo três presos, foi lá e participou, e a vítima o reconheceu”, disse.

    Segundo informações, três dos suspeitos presos confessaram a participação no crime, mas relataram que foi com consentimento da vítima, que estava embriagada. A polícia explicou que, em casos onde a pessoa está embriagada, não há condições de consentir.


     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]