Ipatinga realiza o 1º Levantamento de Infestação do Aedes aegypti em 2019

06/01/2019 09:27

Serão mobilizados 65 agentes de endemias para realizar as vistorias de combate ao mosquito transmissor

Publicidade

A Secretaria Municipal de Saúde de Ipatinga realiza a partir da próxima segunda-feira (7) o 1º Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) de 2019. A previsão é de que, até quinta-feira (11), sejam visitados 4.311 imóveis, 3% a mais que as últimas vistorias realizadas em outubro do ano passado. À época foi constatada a presença do mosquito transmissor em 2,3% dos imóveis habitados e terrenos baldios. 

LIRAa

A previsão é de que o resultado do novo LIRAa seja divulgado no dia 14 de janeiro. Para os trabalhos serem realizados, estarão em campo 65 agentes de endemias. Na última sondagem, os bairros que apresentaram maiores índices de infestação foram Bom Jardim, Ferroviários, Horto, região industrial e proximidades da Usipa (5,6%), Vila Celeste (3,6%); Esperança e Ideal (2,8%). Os indicadores declinaram bastante em relação aos anteriores. Contudo, ainda estavam acima do limite máximo recomendado pelas autoridades de saúde, que é de 1%. 

Frente de combate
Desde que assumiu a administração pública, o prefeito Nardyello Rocha criou uma frente de intensificação do combate contra o mosquito Aedes aegypti, numa ação conjunta das secretaria municipais de Saúde e de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma). De maio a dezembro de 2018, a Prefeitura de Ipatinga tirou das ruas mais de 54 mil toneladas de terra, entulho e lixo. No mesmo período, foram executados 2.559 serviços de limpeza de redes de drenagem pluvial. 

A limpeza é parte de uma série de providências tomadas pelo setor de Vigilância Epidemiológica – que conta também com o trabalho dos Agentes de Combate a Endemias (ACE) –, para conter o avanço das arboviroses (dengue, chikungunya e zika vírus) transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. Várias dessas ações foram realizadas nos locais que apresentaram índice elevado de infestação. Para solicitação de averiguações especiais, o telefone do Centro de Controle Zoonoses é o 3829-8383. A repartição funciona de segunda a sexta-feira, de 7h às 17h. 
 



Publicidade