Aos 73, ator José de Abreu e namorada de 22, se mudam para a Nova Zelândia 

06/02/2020 13:44

José de Abreu tem usado as redes sociais também para criticar a colega dele,  atriz Regina Duarte, agora secretária especial de Cultura

Publicidade

O ator Jose de Abreu, 73 anos, anunciou pelo Instagram nesta quarta-feira (05/02) que vai deixar o Brasil. segundo a postagem, ele e a namorada, de 22 anos, vão de mudar para a Nova Zelândia. O ator, que é um ferrenho militante de esquerda nas redes sociais, afirmou que a viagem seria na manhã desta quinta-feira (6).

 

jose de abreuFoto: reprodução
 

“Cansado. Foram 11 países, 75 dias de viagens. Amanhã começaremos uma nova fase de nossa vida em comum, vamos morar na Nova Zelândia. No começo em Aukland. Se gostarmos, ficamos. Se não, Wellington ou Christchurch. Opções não faltam: país lindo, padrão de vida comparado aos países escandinavos, mas sem o ônus do frio. Pequeno, povo bacana, natureza… Que Deus nos ilumine e proteja #newzealand #newzealandlife #auckland #expatlife #novazelandia #vidamaluca”, postou o ator.

A namorada Carol Junger também usou o Instagram, e , em seus Stories, confirmou a viagem: “Daqui a pouco estou indo para a Nova Zelândia. Me recomendem o que vocês gostam de assistir?”, publicou.

 

jose de abreu-2Foto: reprodução

 

José de Abreu tem usado as redes sociais também para criticar a colega dele,  atriz Regina Duarte, que aceitou, no último dia 29 de janeiro, convite  do Governo Federal para, assumir a Secretaria Especial da Cultura. Diferentemente de outros artistas, que veem na nova atuação de Regina Duarte uma oportunidade de valorização da classe junto ao comando do país, ele condena o fato de Regina se tornar responsável pela pasta da Cultura.

Em respostas às críticas quem tem feito à Regina Duarte, que seriam desrespeitosas com uma colega e uma mulher, ele rebate ardilosamente: “Facista não tem sexo. Vagina não transforma uma mulher em um ser humano. Eu não vou parar, eu sou radical mesmo e estou em um caminho sem volta”, declarou ele em um áudio enviado a um jornal carioca.
 



Publicidade