Foragido por homicídio no entorno do Vale do Aço é preso na Europa

A prisão, efetuada no dia 02 de fevereiro, foi possível em decorrência de Difusão Vermelha requerida pelo MPMG de Açucena

Por Plox

06/02/2024 19h11 - Atualizado há 4 meses

Foi preso em Luxemburgo, um pequeno país Europeu, no fim de semana, um homem foragido da Justiça de Açucena, município do Vale do Rio Doce, condenado a 16 anos e seis meses de prisão por um homicídio praticado em 2017. A prisão, efetuada no dia 02 de fevereiro, foi possível em decorrência de Difusão Vermelha requerida pelo MPMG de Açucena.

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) já realizou perante o Poder Judiciário, Polícia Federal (Interpol brasileira) , Ministério da Justiça, Ministério das Relações Exteriores e Procuradoria de Luxemburgo, o processo de extradição para que o réu seja trazido ao Brasil visando o cumprimento da pena.


A captura resultou de ação conjunta entre o MPMG e Polícia Federal de Minas Gerais (representação da Interpol no Brasil). No entendimento do promotor de Justiça responsável pelo pedido de Difusão Vermelha, Olemar Miranda Santiago, tal prisão representa uma enorme vitória para a Justiça e no combate à impunidade e aos crimes violentos graves (tais como os homicídios).
O então foragido, Hudson Ferreira Martins, de 42 anos, foi condenado pelo homicídio qualificado. Segundo a denúncia, o crime foi cometido por motivo torpe (vingança) e recurso que dificultou a defesa da vítima (disparos de arma de fogo, efetuados de surpresa) contra a vítima.
O assassino foi julgado em sessão ocorrida no dia 23 de janeiro de 2020 pelo Tribunal do Júri de Açucena, sendo condenado a 16 anos e seis meses de prisão em regime fechado.

Fórum de Açucena


 

Destaques