Escola de Fabriciano é destaque em MG com o “Projeto Estreitando Laços”

06/03/2020 09:06

O projeto cria mecanismos que fortaleçam o desenvolvimento dos alunos e se estendem aos pais e responsáveis

Publicidade

A Escola Estadual Professora Celina Machado, que fica no bairro Santa Terezinha, em Coronel Fabriciano-MG é destaque no estado, com o “Projeto Estreitando Laços”.

No projeto, a direção da escola trabalha em conjunto com a equipe pedagógica para criar mecanismos atrativos que fortaleçam o desenvolvimento dos alunos, com diversas programações culturais e sociais para os estudantes. As ações também se estendem aos pais e responsáveis.

 

escolaFoto: divulgação
 

Segundo a diretora da escola, Marceni Pacheco, “é na política da boa vizinhança que a nossa escola cria vínculos fortalecedores, com laços de parcerias, estabelecendo responsabilidades mútuas e construindo assim uma escola democrática”, explica a diretora.

Por meio do projeto, os alunos e a comunidade podem participar de aulas de pintura, torneios esportivos, apresentações teatrais, palestras sobre saúde e outros eventos. “A família, em parceria com a escola e vice-versa, é peça fundamental para o desenvolvimento do educando. Entretanto, para conhecer a família é necessário que a escola abra suas portas, e intensifique ações que busquem garantir a permanência dos alunos e também dos pais na instituição”, declara Marceni.

Marizete Aguiar é mãe de Gabriele Aguiar, aluna do 5º ano do ensino fundamental da Escola Estadual Professora Celina Machado. Ela afirma que tenta se envolver, o máximo possível, em projetos desenvolvidos pela instituição de ensino e conta que participa ativamente dos eventos educativos e culturais que a escola realiza. Segundo ela, “eu sempre estou na escola porque gosto de acompanhar a vida escolar da minha filha. É muito valiosa a liberdade que a unidade de ensino oferece aos pais. A comunidade tem um bom relacionamento com a diretoria e a equipe pedagógica porque a instituição sempre está de portas abertas para nos receber”, ressalta.

De acordo com Marizete, é muito importante que a escola e as famílias dos alunos estejam alinhadas para construir uma parceria que beneficie os educandos. “Sinto que nós, responsáveis por nossos filhos, e a equipe da escola estamos trabalhando no mesmo ritmo. Muitas vezes, ensino algo para a Gabriele e ela leva para a escola. Outras vezes, ela aprende algo lá e ensina em casa para os avós, os tios, por exemplo. Essa troca de experiências é muito interessante. Temos crescido muito com essa parceria”, destaca.
 



Publicidade