Ipatinga

tecnologia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Pesquisadores testam máscara brasileira capaz de inativar o vírus

    A inativação acontece por conta de uma substância chamada de quitosana

    Por Plox

    06/03/2021 17h09 - Atualizado há 9 meses

    Pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB) estão testando a eficácia de uma nova máscara facial para todas as cepas da Covid-19. O equipamento seria capaz de inativar o vírus.

    É a primeira máscara do modelo N95 totalmente brasileira. A inativação acontece por conta da substância chamada de quitosana, presente na máscara. Especialistas afirmam que ela atrai eletrostaticamente o vírus, fazendo a degradação e perdendo toda sua condição de contaminação. 

    Foto: reprodução

    "O nanofilme de quitosana, além de servir como uma barreira física para o vírus, é também uma barreira química, que tem a propriedade de inativar o vírus”, disse a engenheira eletrônica e pesquisadora da UnB, Angélica Kathariny de Oliveira. 

    Os testes começaram no dia primeiro de março e seguem até o dia 20. A eficácia da máscara será observada durante oito plantões médicos, de 60 profissionais da saúde que trabalham diretamente com pacientes infectados pela doença, no Hospital Regional da Asa Norte, em Brasília. 

    O resultado deve sair no início de abril e o objetivo é que a máscara seja distribuída para todos os profissionais de saúde do país. Para isso, o produto deverá passar por aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A pesquisa é desenvolvida por bolsistas da Coordenação de Pessoal de Nível Superior (Capes).

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]