Governo Lula avalia criação de “Vale Carne” de R$ 35

O plano poderia beneficiar até 19,5 milhões de pessoas, incrementando a demanda por cerca de 2,3 milhões de cabeças de gado anualmente

Por Plox

06/03/2024 14h21 - Atualizado há 4 meses

O governo de Luiz Inácio Lula da Silva estuda implementar um voucher destinado a facilitar o acesso das famílias de baixa renda à carne bovina. A proposta, batizada preliminarmente de “Carne no Prato”, surgiu de uma iniciativa de pecuaristas do Mato Grosso do Sul, liderada por Guilherme Bumlai. Foi apresentada ao ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Paulo Teixeira, e encaminhada para avaliação da Casa Civil e do Ministério do Desenvolvimento Social. O plano poderia beneficiar até 19,5 milhões de pessoas, incrementando a demanda por cerca de 2,3 milhões de cabeças de gado anualmente. 

Foto: Reprodução/ Pixabay

O voucher, valorado em R$ 35, permitiria a compra de no mínimo 2 quilos de carne mensalmente para famílias cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), incluindo as beneficiárias do Bolsa Família. Estas poderiam utilizar o voucher em supermercados e açougues credenciados. O custo adicional estimado do programa seria de R$ 8,8 bilhões ao ano, enfrentando preocupações relacionadas ao impacto fiscal por parte da Casa Civil e do Ministério da Fazenda, que busca equilibrar as finanças públicas e eliminar o déficit fiscal em 2024.

 

 


 

Destaques