Lula e Zema marcam encontro para discussão da dívida mineira

Reunião em Brasília visa renegociação do débito de R$ 162 bilhões de Minas Gerais com a União

Por Plox

06/03/2024 07h21 - Atualizado há 4 meses

Nesta quarta-feira, ao final da tarde, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, tem um compromisso agendado com Romeu Zema, governador de Minas Gerais pelo Novo. A confirmação do encontro, que ocorrerá em Brasília, foi anunciada após solicitação feita pela equipe de Zema, conforme reportado. Este diálogo busca discutir a volumosa dívida do estado com o governo federal, estimada em cerca de R$ 162 bilhões, e outras questões de cooperação entre os entes federativos.

— Foto: Gil Leonardi/Imprensa MG

Diálogo Federativo e Renegociação de Dívidas

O encontro entre os dois líderes políticos surge após Zema expressar a importância de uma conversa aberta e produtiva com o presidente para tratar assuntos de interesse coletivo, incluindo a dívida mineira e a repactuação do desastre da barragem da Mina do Fundão, em Mariana. O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, e Rodrigo Pacheco, presidente do Senado pelo PSD-MG e apoiado por Lula para o governo de Minas em 2026, também estão previstos para participar da reunião.

Propostas de Resolução

Entre as propostas em análise está a adesão de Minas Gerais ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF), sugerida por Pacheco. Este plano inclui também a possibilidade de federalizar empresas estatais mineiras como Cemig, Copasa, e Codemig, além de usar créditos da União com o estado — decorrentes da compensação da Lei Kandir e da repactuação do caso Mariana — como abatimento parcial do débito estadual.

Destaques