Ipatinga

política

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Mandetta fica no cargo com apoio de militares e cúpula do Congresso

    Por Plox

    06/04/2020 23h05 - Atualizado há mais de 1 ano

    Após a reunião no fim da tarde desta segunda-feira (6) entre o presidente da República Jair Bolsonaro, o vice-presidente Hamilton Mourão e os ministros, ficou decidido a permanência do ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta. A reunião aconteceu no Palácio do Planalto, em Brasília-DF. 

    Segundo informações, a permanência do ministro, que teve alguns choques de opiniões com o presidente nos últimos dias, foi apoiada pela cúpula militar do Governo e também pela cúpula do congresso. 

    planalto 20200320 0250 Foto: Isac Nobrega/PR

     

    Durante o dia o clima foi de incerteza da permanência do ministro diante dos rumores de sua decisão. 
    A participação do ex-ministro na coletiva de imprensa diariamente realizada no prédio do Ministério da Saúde foi cancelada horas antes do início, o que deu mais força aos rumores de sua saída.

    Nos bastidores, o nome mais cotado para assumir o cargo de ministro da Saúde e administrar as estratégias de enfrentamento da Covid-19, no caso de uma eventual demissão, é o de Osmar Terra, ex-ministro da Cidadania, com quem o presidente Bolsonaro almoçou nesta segunda-feira (6).

    Em uma das suas últimas declarações, Bolsonaro disse que nenhum de seus ministros era ‘indemissível’ e que ‘falta humildade’ ao ministro Mandetta. 

    Confira a reportagem especial feita pela repórter Brenda Colen, direto do Palácio do Planalto, em Brasília-DF:

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]